75 anos

0

O que esperar da vida quando você acha que já viveu tudo, no auge dos seus 75 anos? Os filhos já criados, os netos grandinhos e a vida tranquila que pediu à Deus. Parece que a felicidade está ali, mas segundo a minha avó, ela não está.

A inspiração da minha vida: Nona Julia | { Imagem: Juliana Manzato}

Minha avó é a melhor coisa que existe na minha vida. O quanto eu aprendi com ela, os conselhos, o amor, o abraço apertado e a sincronia até no choro, quando em um domingo qualquer eu digo que é hora de voltar para Campinas. Segundo a minha avó, quando a gente chega aos 75 anos, só quer viver e sentir paz. Não quer mais agito, correria ou preocupação, quer viver a tranquilidade que a idade e os cabelos brancos permitiram.

O que você espera da vida aos 75 anos? Quando ficar velho, você vai ter motivo de se orgulhar e dizer que viveu tudo o que tinha para viver? Você conseguiu realizar sonhos? Fez alguém feliz? Amou? Plantou uma arvore? Participou de causas? Fez o bem? Fez tudo o que tinha vontade de fazer?

A Dona Júlia, minha querida avó, me disse assim esses dias, “E o blog? Tá escrevendo ainda?” e eu respondi que tava tudo bem e que eu continua escrevendo sim, e foi aí que ela mandou, “Um dia que tiver vontade, aproveita a inspiração para o blog e escreve uma carta para você”. Claro que essa ideia da vovó deu um nó na minha cabeça, mas tentei entender, “É Ju, escreve uma carta para a Dona Juliana, uma senhora de 75 anos. O que você quer lembrar com a essa idade?” e dai meus olhos encheram de lágrimas e eu cai num choro intenso.

Passou milhares de coisas na minha cabeça, inclusive se eu me orgulharia de ter vivido tudo o que vivi até os meus 75 anos. É difícil falar do futuro, pensar nele e não se angustiar com aquele aperto no peito e nó na garganta. Deixo a mesma pergunta que a minha avó fez para mim, para vocês. O que vocês vão querer lembrar quando tiverem 75 anos?

Um baita exercício para viver o presente e se divertir com o futuro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.