A voz da experiência

1

Mas o que eu tenho de errado? 
Deixa de bobagem, menina, se ele não enxerga as qualidades e defeitos que fariam com que ele te amasse, respeitasse e quisesse te ter sempre por perto, a culpa não é tua. 
Pára de pensar que o problema está em você! 
Se agir conforme o coração significa errar, ser deformada emocionalmente, então que dane-se o resto, erre. Se é pelo que você acredita que tens lutado, se são sentimentos ávidos, reais, bonitos e mesmo assim ele não te deu essa chance: cure-se. 
Sabe? Pensa bem, colocar a culpa em si não muda os fatos. O que você pode fazer é seguir em frente e perceber que, por muitas vezes, nos enganamos. Existem pessoas que não sabem como ser amadas, ou não querem, ou não estão preparadas para receber tanto amor. Essas coisas dão medo e costumam assustar. Não vai adiantar forçar. 
Rejeição é algo para o qual você vai ter que estar preparada para viver, e não é porque existam pessoas por aí melhores e mais bonitas, e sim porque existem pessoas que não foram feitas para serem “nossas”. Apenas não procure motivos, não se torture. Não permita que seu coração derrame lágrimas por quem não está disposto. 
Se não deu certo dessa vez, uma outra dará. Não endureça e nem emudeça, apenas sinta tudo e aprenda o quanto podemos crescer quando recebemos um “não”. Não será fácil, menina. A vida exigirá de você muito jogo de cintura. 
Entenda, as melhores coisas chegam de mansinho, simplesmente acontecem. É como dizem no popular “não coloque a carroça na frente dos bois”. Vá com calma, não tenha pressa. Para tudo, há hora certa. Preste atenção nesses conselhos, eu sei do que falo.


1 comentário

  1. Luz13 Diz

    Gostei do blog. De Olho No Mundo(www.deolhonomundo.com) analisa a essência humana, o mundo, astrologia, fenômenos ocultos…, em sua plenitude. Nesse vídeo ela fala sobre a libertação das mulheres – http://youtu.be/hJ9gk9Sap4Y – Tenho certeza que vocês gostarão. Abraços.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.