Agosto de quem?

0

Eu nunca gostei muito de agosto. Acho um mês triste – sem nenhum motivo concreto, acreditem. Mas subjetivos, alguns! Talvez seja pela fonética fechada do “o” que acho meio down, talvez seja porque já é quase final do inverno e estou rezando para a primavera chegar logo levando embora os dias frios.

Foto: Reprodução.

Mas esse ano estou avistando agosto de longe. Em junho, me lembro que ter pensado “calma, em agosto vem coisa boa!”, e isso veio na minha cabeça sem esforço, simplesmente surgiu e plim. Foi aquela luzinha lá na frente, esperança de que o melhor está sempre por vir (Clichê, eu sei! Mas traduz exatamente o que senti).

Hoje, dia 1 de agosto de 2013! Não é uma data especial, ou melhor, não seria uma data especial, se não fosse pelo fato de eu querer que ela seja.

Isso deveria valer para todos os dias, claro… Mas não vamos inventar: a correria do dia útil faz a gente passar batido na busca desse fôlego – infelizmente. O bom é que quando acontece essa claridade toda, vem uma injeção com doses cavalares de entusiasmo. Abastece a cabeça e a alma para, enfim, tentar viver mais e melhor.

Agosto de quem? Que seja ao meu gosto, ao seu gosto, ao gosto de cada um que deseja mais felicidades
para esse mês.

Boa degustação 😉

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.