Caminhe com fé

2

No meio do caminho tinha uma pedra. Tinha uma pedra no meio do caminho. No meu caso, no meio do caminho tinha Santo Expedito.
Andando na calçada, enquanto tantos pés haviam passados desatentos, fui chamada por um santinho de Santo Expedito amassado no chão. Primeiro, passei reto… Mas como disse, fui chamada por ele. E atendi. Voltei, me agachei entre as pessoas para pegar o pedacinho de papel, todo sujo.
Imagem: Reprodução.
Não me importei, afinal de contas, ali tinha uma oração poderosa. Santo Expedito é o santo das causas urgentes e impossíveis. E meu coração, aflito há tempos, implora para o fim de tanta inquietação.
Minha fé é minha amiga inseparável (como diz Cissa Guimarães, no programa Viver com Fé, no GNT),  fé que não necessariamente tem a ver com religião, mas em acreditar que há uma força maior, mais poderosa que nos guia, nos ouve e nos reserva o melhor. Sempre. 
Esse é meu jeito de acreditar – entendi que aquilo era um jeitinho de Deus de me dizer “Tô aqui”. 
O santinho, que já estava todo amassado, ficou ainda mais. Rezei com ele nas mãos, depositando minhas esperanças, sendo sincera com Santo Expedito. Pedi de todo o meu coração para ele atender minhas preces. 
Como parte do “ritual”, está escrito que, além de fazer a oração, preciso entregar um milheiro desses santinhos. Mas quero fazer diferente, quis escrever esse texto para mostrar o quanto sou grata a Santo Expedito desde já por estar no meu caminho. Tenho fé de que meu pedido será atendido, mas independente disso, percebi que recebi uma graça imensa: saber acreditar.
Basta acreditar (em milagres também, por que não?), ter fé, esperança. Com isso, nenhuma batalha é perdida, nenhuma vida é vazia e nenhum sonho é impossível.
Amém.

*Acho que isso vai atingir muito mais pessoas do que se eu entregasse os santinhos. Então, aqui vai a oração de Santo Expedito:

“Meu Santo Expedito das causas justas e urgentes, socorrei-me nesta hora de aflição e desespero, intercedei por mim junto ao Nosso Senhor Jesus Cristo! Vós, que sois um Santo Guerreiro, vós, que sois Santo dos Aflitos, vós, que sois Santo dos Desesperados, vós, que sois Santo das Causas Urgentes, protegei-me, ajudai-me, dai-me força, coragem e serenidade. Atendei ao meu pedido (diga o que deseja). Ajudai-me a superar estas horas difíceis, protegei-me de todos que possam me prejudicar, protegei a minha familia, atendei ao meu pedido com urgência. Devolvei-me a paz e a tranquilidade. Serei grato(a) pelo resto da minha Vida e levarei o seu nome a todos que têm fé. Obrigado. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.”


Reze um Pai Nosso, uma Ave Maria e faça um sinal da cruz.

2 Comentários

  1. Poliana Lima Diz

    Amei o seu texto .. Sou apaixonada pelo programa da Ciça Guimarães assisto toda semana e me encanto com as histórias de fé que são exibidas…

    bjos Flor, e boa semana,

    amigatobonita.blogsot.com

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.