Comecei a gostar…

2

Comecei a gostar de acordar às 6h30 da matina e olhar pela fresta da cortina o sol lá fora, em vez reclamar por ter acordado de um sonho bom. A realidade é mais negócio, é onde a gente vive.
Comecei a gostar de ficar na frente do armário pensando em uma roupa bonita pra sair, ao invés de me descabelar por achar que não tenho uma peça decente pra usar. Criatividade, vem cá!
Comecei a gostar de apreciar o caminho por onde passo, sem ficar de nhenhenhe porque não chego aonde eu quero. Carpe diem, né?
Imagem: Reprodução.
Comecei a gostar mais da segunda-feira, afinal ela não deixa de ser uma chance, uma nova semana em que tudo pode ser diferente – e melhor! 
Comecei a gostar mais de comer salada, porque como na vida, o tempero certo faz toda a diferença. 
Comecei a gostar de ouvir o barulho da chuva que vem pra abaixar a poeira e lavar a alma. Chega de brigar com São Pedro!
Comecei a gostar mais dos meus momentos sozinha, quietinha no meu canto, em vez de encará-los como solidão. Por que não liberdade?
Comecei a gostar mais dos detalhes, das vírgulas, dos pontos, das reticências que encontro por aí. São eles que ditam o tom, é só saber interpretar.
Comecei a ver o mundo ao meu redor com os olhos de que quer ver cores em tudo. E não pretendo parar. Quando começo alguma coisa, vou até o fim. 

2 Comentários

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.