Dia de Jardim | Mini horta de chá

0

por Juliana Manzato

Não contra a Mate Leão, mas que tal ter um cantinho na cozinha onde você possa cultivar o próprio chá? Um cantinho com muitos aromas e por que não dizer, saúde?

Gostou da idéia? Fui até a Flora Raizes pedir ajuda da Vera com essa mini horta de chá, pra lá de charmosa, que além de prática, é facinho, facinho de fazer. Vem ver!

Mini horta para chá | 3 ervas:

Imagem : Ju Manzato para o Dona Oncinha 

 1 – Jardineira de 50cm : Pode ser uma jardineira de plástico, barro ou até latinhas (que vamos sugerir logo mais). É necessário que o fundo da jardineira tenha furinhos, para fazer a drenagem da água;
P.s 1: Dá para encontrar a jardineira em lojas especializadas em plantas.

2 – Argila expandida : utilizada para fazer a drenagem do vaso, essa argila ajuda a manter a umidade da terra na jardineira, sem precisar de água em excesso.
P.s 2: Dá para encontrar a argila expandida em lojas especializadas em plantas

3- Terra vegetal : Terra especial encontrada em lojas especializadas de jardinagem.

Depois do material necessários, é hora de escolher as mudas, que podem ser as mais variadas como hortelã, Poejo, Alecrim, Erva Doce, Melissa, Camomila, entre outras, por que esse mundo dos chás é mais vasto do que imaginamos. A escolha é sua!
P.S 3: Vale lembrar que a jardinheira de 50 cm é para 3 ervas. 

Imagem : Ju Manzato para o Dona Oncinha

Alguns benefícios em tomar o chá de…

1-Erva Doce : 
– Ajuda no emagrecimento associada a uma dieta saudável;
– Melhora tosses e bronquite por apresentar papel expectorante;
– Melhora problemas digestivos e gases;
– Ajuda na prevenção da retenção de líquido muito comum no verão;
Fonte: Infoescola

2 – Poejo (ou Erva de São L
ourenço, ou Menta-selvagem) : 
– Ótimo digestivo;
– Ajuda à aliviar dores de barrigas e estômago;
– Ajuda a acalmar a tosse;
– Ajuda em gripes, constipações e febre
Fonte: Portais

3 – Hortelã 
– Ótimo para aliviar má digestão, dores de estômago e até cólicas menstruais;
– Ajuda em gripes e constipações;
Fonte: Sem stress

Depois de separar todo esse material é hora de colocar a mão na massa. O passo-a-passo é bem simples e fácil de fazer, mas caso não queira colocar a mão na massa dá para encomendar mini hortas em floricultura ou lojas especializadas em jardinagem. Fizemos uma simulação para montar a mini horta…

Fotos: Ju Manzato para o Dona Oncinha

1- Dentro da jardineira (ou vasinho), é necessário colocar no fundo a argila expandida para fazer a drenagem da mini horta.

2 – Depois de colocar a argila, é hora de espalhar as mudas. Vale lembrar que é necessário tirar o saco plástico das mudas e separá-las 20 cm uma das outras, dentro da jardineira. É necessário esses 20 cm para que a muda possa crescer e enraizar sem prejudicar a muda que fica ao lado.

3 – Para finalizar é só completar a jardineira com terra vegetal e irrigar a horta.

Fácil, não é mesmo?

Algumas dicas:
– Sempre deixar a horta próxima à claridade;
– Irrigar a horta dia sim, dia não;
– Esperar pelo menos um mês até fazer o primeiro chá, pois a muda precisa enraizar e tomar força.
– Dá para fazer a mini horta em latinhas coloridas ou vaso de barros, olha como pode ficar:

Os vasinhos charmosos de barro que podem ficar próximo a pia da cozinha (Imagem: reprodução)  
Outra opção para quem não quer usar a jardineira, é pegar chaleira, bule ou até panela velha para fazer a mini horta – Vale lembrar que é necessário fazer os furinhos em baixo para ter drenagem (Imagem: reprodução)

Outra opção é usar latinha de azeite, bolacha, ervilha, milho verde ou qualquer outra latinha charmosa para fazer a mini horta. Além de ser um charme, dá um colorido todo especial ao ambiente. Ah, as latinhas também precisam dos furinhos em baixo! (Imagens : reprodução)

Gostaram da dica? Agora é aproveitar!

Até a próxima!


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.