DIY | DECOR EM CONCRETO

0

Leia ouvindo: Baleia – Casa

Hoje é dia de DIY! Hoje é dia de concreto também. Além de ser um elemento essencial na construção civil, o concreto ganhou ares de glamour. Graças a alta da decoração com um toque industrial. Concreto, madeira, canos e instalações elétricas nunca ficaram tão expostos nos mais diversos projetos de arquitetura!

Mas não é só de concreto exposto que a decoração vive! O concreto está nos detalhes, da bancada da cozinha até nos vasinhos – que podem ser usados como charmosos suportes para vela, como vou mostrar para vocês logo mais.

Fotografia: Gabriela Prado Alves

Que tal usar a dica para dar uma nova carinha para a mesa de centro da sala ou até mesmo no criado mudo, ali do lado da cama? Você pode aproveitar o próximo final de semana para colocar a mão na massa. É bem fácil, barato e o material rende muito. Aproveite!

D Y I      |     V A S I N H O  D E  C O N C R E T O 

P A S S O – 1 

Na primeira fase precisamos apenas de um saco de argamassa, água e potes de plástico. No meu caso, eu escolhi três potes de formatos e alturas diferentes porque gosto quando os enfeites tem um “jogo de alturas”, mas você pode pegar potes de plástico do tamanho e formato da sua preferência.

Fotografia: Gabriela Prado Alves

P A S S O – 2

Proteja o local de trabalho e misture a argamassa com água. Vá misturando aos poucos para não passar do ponto, ele precisa ficar com uma consistência homogênia e grossa.

Fotografia: Gabriela Prado Alves

P A S S O – 3

Coloque a mistura nos potes até completá-los. Encha com cuidado e quando terminar bata o pote na bancada para que preencha todo o espaço e não fique com tantas bolhas de ar.

Fotografia: Gabriela Prado Alves

P A S S O – 4

Para fazer o buraco no meio do vasinho usei copos. Protegi com plástico filme para facilitar na hora de soltar do concreto, e também para manter o copo limpo. O próximo passo é afundar o copo na mistura da argamassa. Como ela é bem grossa vai mantê-lo na vertical, mas é preciso pressionar.

Fotografia: Gabriela Prado Alves
Fotografia: Gabriela Prado Alves
Fotografia: Gabriela Prado Alves

P A S S O – 5

Nessa segunda fase são necessárias: parafina, pavio, pincéis, goma incolor, tinta com cor da sua preferência e uma travessa de vidro.

Fotografia: Gabriela Prado Alves

P A S S O – 6

Derreta a parafina colocando-a em banho maria. Não se preocupe se a quantia que você derreteu não deu pra completar os vasinhos. A parafina você pode ir derretendo em banho maria quantas vezes quiser.

Fotografia: Gabriela Prado Alves

P A S S O – 7

Após encher o vasinho com a parafina, encaixe o pavio e prendar com um pregador para que ele se mantenha na vertical até secar.

Dica: Quando seca a parafina ela sempre afunda no meio, para que isso não aconteça borrife um pouquinho de água na parte de cima, assim a camada de cima endurece rapidamente e não afunda. (Só descobri essa técnica depois que tinha terminado, por isso não deu tempo de fazer nos meus vasinhos). 

Fotografia: Gabriela Prado Alves
Fotografia: Gabriela Prado Alves

P A S S O – 8

Escolha o desenho que você quer fazer no seu vasinho e coloque a fita crepe para que ele fique certinho.

Fotografia: Grabriela Prado Alves
Fotografia: Gabriela Prado Alves

P A S S O – 9

Como o concreto absorve o material que você aplica com facilidade, é preciso aplicar a goma incolor antes da tinta, até para que a cor fique mais intensa e definida. Depois que a Goma estiver totalmente seca passe a primeira camada de tinta.

Fotografia: Gabriela Prado Alves

P A S S O – 10

Aplique a tinta quantas vezes for necessário para cobrir o concreto, no caso da dourada e da azul passei duas vezes, já a branca foram necessárias 4 camadas.

Fotografia: Gabriela Prado Alves

P A S S O – 11

Como eu queria fazer um detalhe dourado nos vasinhos, coloquei novamente a fita crepe demarcando o espaço onde faria o detalhe.

Fotografia: Gabriela Prado Alves

P A S S O – 12

Apliquei algumas camadas de tinta dourada nas áreas delimitadas até cobrir totalmente.

P A S S O – 14

Depois que a tinta secou, tirei a fita e cortei o excesso do pavil. Prontinho, sua vela está pronta! Outra dica super legal é colocar terra com uma suculenta no lugar da parafina.

Fotografia: Gabriela Prado Alves
Fotografia: Gabriela Prado Alves

E ai, gostaram da dica? 🙂

Gabriela Prado Alves

Gabriela Prado Alves

Arquiteta de profissão, paixão e vocação, empresaria por opção. A perfeição? Juntar gastronomia e arquitetura. Um bom restaurante, um bom vinho é a minha tentação. Uma outra paixão? Viver, com toda a intensidade que possa existir.
Gabriela Prado Alves

Últimos posts por Gabriela Prado Alves (exibir todos)

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.