É A FÉ QUE NOS MANTÉM DE PÉ!

0

Leia ouvindo: Ray LaMontagne – Are you the best thing 

Aos dez anos a gente brinca de viver. Aos vinte a gente vive meio brincando. Aos trinta a gente se faz perguntas, busca respostas, enfrenta desafios que jamais imaginou, bate de frente com um mundo mais cruel, sente as dores do tempo e dos acontecimentos na alma, mas segue! Só segue!

E nos dias ruins a vontade é voltar pro colo da mamãe e dizer “tem lugar aí?”. Mas até a mamãe já mudou de posição na vida, e é ela quem hoje busca colo, quase sempre. “Crescer dói”, li um dia, e sempre me lembro disso, mesmo que às vezes desdenhando ou desafiando o destino. Talvez o meu maior problema seja justamente desafiar meus próprios caminhos, e vez ou outra me sentir cansada com as minhas próprias escolhas. Quem vai saber?! Quem vai explicar?!

Fotografia: Juliana Manzato

Onde aperto para dar tudo certo, sempre? Com quem falo? Vai no grito ou no choro? Na manha, todas as manhãs? Ahhh, que bom seria se nada fugisse do nosso controle, se todas as pessoas nos compreendessem, ou se nós mesmos não dificultássemos o vai e vem das ondas do nosso mar! Parece que somos aquele marinheiro que trava uma luta contra o vento para ficar de pé, e que no fundo morre de inveja de quem opta por andar sempre com os pés na areia, em terras mais firmes. Aqui para nós? De todas as certezas, a que fica é que só a oração é capaz de salvar! E de cuidar!

Manu Berbert

Manu Berbert

Baiana. Tom de voz alto, personalidade forte e palavras firmes. Observadora do mundo, das pessoas e dos seus comportamentos. Os olhos apontados para tudo, mas o dedo geralmente apontado para si mesmo.
Manu Berbert

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.