Entre o que você é e o que gostaria de ser

0

O que eu gostaria ser? Talvez menos ansiosa, impaciente, insegura e chorona. Também gostaria de viajar mais, falar inglês fluente, retomar o meu francês, e ter mais dinheiro (!!!). Eu gostaria de ter e ser tantas coisas….

Queria poder ter uma versão melhorada de mim mesma a cada mês, tipo os aplicativos do Iphone.

Por vezes, entre o que somos e o quê gostaríamos de ser existe um abismo. Em outras vezes, estamos de mãos dadas com a gente mesmo, correndo atrás de uma nova “versão” do ser. Mas as vezes é tão difícil mudar…

{ Imagem reprodução } 

É difícil largar o cigarro, não comer chocolate todos os dias, trocar o arroz branco pelo integral, mudar o caminho de volta para casa, se tornar uma pessoa mais organizada, demonstrar paciência, segurança e seriedade nos momentos em que o bicho pega. Se nessas horas, é difícil ser eu, quem dirá o que eu gostaria de ser. Evolução é para os fortes.

Ser apegada a coisas, pessoas e momentos não ajuda muito. Para a “versão nova” chegar é preciso abandonar a primeira, e convenhamos, quem ai aprendeu a desapegar?  Eu nunca.

O que você é? Já pensou nisso? Já fez uma auto análise? Quais são seus defeitos? Qualidades? Personalidade? Onde esse seu “eu” quer chegar? Quais são seus desejos? Vontades? Ideias? O que ele gostaria de ser?

Não estou te pedindo para decidir sua vida ou traçar caminhos. O que você vai querer de você? Parece loucura, mas precisamos de foco, objetivo e mudanças. Precisamos perder o medo do abismo e se jogar nele. É a nossa vida, nossas escolhas, nossas vontades. Se perder o medo, perde também o abismo. Não é tão mais fácil abraçar a gente mesmo?

Se torne uma pessoa que você mesmo vai ser orgulhar quando tiver 60 anos, porque quando olharmos para trás, perceberemos que nos tornamos exatamente aquilo que gostaríamos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.