EU ACREDITO QUE…

0

Leia ouvindo: Marc Scibilia – How Bad We Need Each Other

Sou um otimista confesso. Eu acredito nisso!

Talvez uma das minhas maiores habilidades é a leitura que faço sobre os acontecimentos da vida. Tanto nos positivos, quanto nos negativos, sempre existe algo além do fato em si para ser compreendido. O ato na verdade é apenas uma consequência de um aprendizado oculto maior.

Dizem que na vida existem vários testes, como provas, e que esses testes se repetem ciclicamente em nossas vidas, até que a gente consiga resolvê-los. São pré-requisitos para a nossa evolução, para a nossa plenitude. Ou vai dizer que você nunca repetiu algum erro que jurou nunca mais cometer?

Perdi a conta dos equívocos que já cometi. Mas tudo bem, afinal o erro faz parte do acerto. Só quem já perdeu sabe o valor da vitória. E são nesses erros que estão as maiores oportunidades de crescimento.

Fotografia: Juliana Manzato

O erro leva a autoanálise. A autoanálise leva ao autoconhecimento. O autoconhecimento é o primeiro passo para a autocorreção, que por sua vez irá promover o autodesenvolvimento. Vejam que coisa louca isso. Todos querem se desenvolver e evoluir, mas poucos estão dispostos a se conhecerem e corrigirem a si mesmos. Jamais haverá autodesenvolvimento sem a autoanálise.

A partir do momento que começamos um processo de autodesenvolvimento, jamais paramos. Esse caminho tem início, tem meio, mas não tem fim. Não há chegada e ter consciência sobre isso, muda a forma que enxergamos o mundo. A psicologia, aliás, explica que o resultado que obtemos em nossas vidas, parte das nossas crenças sobre o mundo que nos cerca.

Crença > Pensamento > Sentimento > Ação > Resultado

Lembra o que falei lá no início do texto sobre “aprendizado oculto” além do fato em si? O resultado é o fato em si. A crença é o aprendizado oculto. Para mudar os nossos resultados é preciso rever as nossas crenças.

Ser otimista é uma questão de estratégia, de inteligência emocional, é o que diferencia as pessoas, pois seja qual for o caminho da sua crença, você terá exatamente o resultado que acreditou lá atrás. A nossa realidade irá se transformar no momento que as nossas crenças forem reavaliadas. Como afirmava Dulce Magalhães, a forma como enxergamos o mundo faz o mundo que enxergamos.

Nós precisamos inverter a lógica do ver para crer.
O ver é resultado. O crer é ponto de partida!

Tiago Fiamenghi

Tiago Fiamenghi

Sou o que sou. Sonhador, idealista, realizador. Empreendo socialmente e acredito que pequenos gestos podem sim fazer uma grande diferença.
Tiago Fiamenghi

Últimos posts por Tiago Fiamenghi (exibir todos)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.