Exibir

0

Significado de Exibir segundo o dicionário Aurelio, v.t. Mostrar, apresentar, manifestar: exibir um documento./ Expor: exibir quadros, filmes./ Ostentar, alardear com vaidade: exibir seus encantos. 

Achei a palavra que precisava para descrever o mundo em que vivemos. Exibição de tudo, valores, peitos, bundas, dinheiro, posição social e claro, vida. O facebook mostrou que a vaidade e o ego vão bem obrigado, mas o instagram nos ensinou a exibir a vida. A minha é mais divertida que a sua, a dela é a mais divertida que a minha e da outra é mais divertida que a de todas nós juntas. Tudo isso por foto, que fique claro.

Ah, como a grama do vizinho é mais verde e mais exibida que a nossa! Quanto mais foto do boy no instagram, melhor, fotos da bunda passeando pela praia também. Sem contar fotos no espelho (faço mesmo, beijão), no elevador (#tamojunto), fazendo caras e bocas (Tô nesse grupo também), foto com as amigas, com o amigo, com boné, de saia curta e blusa decotada, na “acadimia”, na fexxxxta disputadíssima, no casamento da blogueira famosa, da comida daquele dia, disso, daquilo, do outro… melhor, claro!

Como somos exibidos e adoramos inflar nosso ego a cada like e comentário, não é mesmo? Passou de mil seguidores no Instagram é POP! Lembro desse mesmo parâmetro de popularidade no twitter, se tivesse mais de mil seguidores, fazia parte do seleto grupo de formadores de opinião (OI?). Uau!

{ Porque eu também faço parte da turma das
caras e bocas do Instagram, beijão } 

Não é uma crítica, mas uma reflexão sobre o mundo. Eu, ela, ele, você que está lendo esse texto, estamos inseridos nesse meio onde todo mundo quer ser popular e ter muitos seguidores, virar fenômeno, formador de opinião, comentarista de jogo/luta/política, modelo de espelho no elevador, sarados da academia e cultos, só pelo fato de viajar para a europa uma vez por ano.

Sem contar o recalque, a inveja, a dor de cotovelo. A vida da pessoa é tão boa, mais tão boa, que todo mundo tem inveja daquela vida/pessoa. Daí você manda um “#ficadica existe sal grosso, pimenta, olho grego, mão de fátima e orações contra tanta coisa ruim.” e começa aquela discussão (Quem nunca?).

Exibir que a vida é boa e depois reclamar de “tanta” inveja não faz sentido. Nunca uma frase caiu tão bem nesses tempos atuais, “quanto menos as pessoas ficarem sabendo da sua e dos seus projetos, mais bem sucedido você será”. Mentira? Jamais.

Apesar de tanta confusão emocional e em redes sociais, o mundo ficou um pouco mais fútil, mas também muito revolucionário. É lindo ver a transformação que estamos passando, as manifestações acontecendo, a preocupação das pessoas na busca pelo melhor, seja em qualidade de vida ou auto conhecimento. É lindo saber que tem gente que faz o bem, é lindo ver o movimento do mundo pelo bem, porque afinal… tudo por aqui vai mal. Enfim acordamos!

Por fim, acredito que o facebook e o instagram tenham ensinado uma coisa muito valiosa para nós. Se realmente existe vida cor de rosa, ela está ali, bem na sua frente, na tela do computador, e colada nos seus dedos. Porque a vida real é bem diferente, é para quem coragem, para quem se joga, para quem acredita e tira a bunda do sofá todos os dias, porque trabalha, estuda, saí com os amigos, tem projetos e uma vida para ser vivida.

O mundo real não é cor de rosa e está longe de ser perfeito, mais ainda assim é tão mais bonito e cabe no aconchego de um abraço.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.