Morando Sozinha | Não é convite para subir

0

Leia ouvindo: Erlend Øye – “Garota”

Castelo Ra-tim-bum é da sua época? Se for, você deve se lembrar do Porteiro simpático e suas palavras-chaves para abrir as portas do castelo, não é mesmo? Pois bem, “morar sozinha” também parece ser uma palavra-chave para um convite:

-Posso subir com você?

Geralmente eu dou risada e educadamente dou um beijo de despedida junto com o sonoro:

-É claro que não.

Gostaria de saber onde é que ele encontrou essa liberdade que eu não dei. Onde achou essa ousadia em se convidar para subir. Convenhamos, é muito mais legal quando a gente faz o convite. Se te convidei é porque quero continuar com a sua companhia, e sinceramente? Quando o convite acontece, não necessariamente acabaremos na minha cama.

Morar sozinha é bom, o problema é desviar de alguns espertinhos que encontramos no caminho. Respeito é bom e a gente gosta. Aprenda a respeitar os meus limites e ganhará doses de liberdade. É como um pote de jujubas, se eu te der o pote inteiro você vai se lambuzar até enjoar. Se te entregar uma por vez, obviamente ficará instigado para conseguir mais.

Não é o famoso “cu doce” ou jogo, estamos falando do meu tempo e da minha vontade em fazer um convite, afinal, a casa é minha (e a cama também). Quando esse convite acontece de maneira natural é melhor para mim e para você. Assim como vocês homens não gostam de pressão, nós mulheres também não, principalmente quando o assunto inevitavelmente acabará em sexo.

42df1efef127cf560b3e1a007680bd32

[ Imagem: reprodução ]

É melhor ser gentil do que apostar nas famosas indiretas. Boa parte dos homens aprendeu que insistir pode ser a garantia de uma foda. Um grande erro esse. Não é na canseira que se ganha uma mulher, é nos detalhes e gentilezas. Ela tem as mesmas vontades que você, mas nossas necessidades são completamente diferentes das suas. Mulher gosta de ser cuidada, por isso que insistir demais pode ser uma bela de uma escorregada.

Deixe que nessa dança ela conduza, são os passos dela, no tempo dela e no ritmo que ela achar melhor. Será gentil da sua parte deixar que bossa nova vire rock e acabe em samba.

Não insista em subir. Não insista em levá-la para sua casa. Aliás, não insista nem para sobremesa. Mulheres gostam de espaço. Espaço para dança e até mesmo para transa.

Juliana Manzato

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras.Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Faz da vida poesia e textos. Muitos textos!Sonhos? Vive deles
Juliana Manzato

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.