O QUE NOS FALTA…

0

Leia ouvindo: The Beautiful Girls – Let’s take the long way home

De verdade acredito que as pessoas procuram ser melhores do que são. Eu ao menos procuro. Nem sempre consigo, mas no fim do dia, na matemática dos prós e contras, na prestação de contas com o universo, eu espero estar com crédito.

As pessoas em geral querem mudar, querem melhorar, querem prosperar e evoluir. Podem falar o que quiser, mas não há glória na mediocridade. Em um mundo tão abundante como o nosso, optar por ser médio é uma decisão que apequena a alma e inibe o ser.

Ninguém nasceu para ser médio. Nos tornamos médios a medida que nos entregamos ao statos quo. Quando paramos de questionar, quando passamos a viver na “velocidade de cruzeiro”, quando enfim, temos a sensação de que conquistamos a estabilidade. Buscamos navegar em águas tranquila, mas sabemos que mar calmo nunca fez bom marinheiro. Não é mesmo?

Fotografia: Juliana Manzato

Mas é tempo de despertar. Despertar para si mesmo. E vejo muita gente despertando e tantas outras querendo despertar. Há vontade, há desejo, há intenção, mas falta algo na maioria das histórias e esse algo atende por VERDADE.

Tudo que brota da verdade, resulta em algo positivo. Seja um novo negócio, um relacionamento, uma ideia, enfim, seja qual for o desdobramento, se ele tiver como matriz a nossa consciência, e não a nossa mente, ele será uma manifestação genuína da nossa essência. Em um mundo tão fútil e raso como o que vivemos, eis um grande “diferencial”: a SUA verdade!

Essa jornada para dentro, para a nossa verdade, é um caminho que não é fácil, mas para chegar onde poucos chegaram, é preciso fazer o que poucos fizeram. Medite, silencie a mente, respire, viaje, empreenda, mude, desmude, enfim… não existe fórmula pronta nem mapa para isso, apenas ferramentas que podem auxiliá-lo nessa busca. Teste algumas 😉

Há aqueles que esperam um momento de iluminação, um momento eureka que lhe aponte a direção. Eu não acredito nisso. Para mim o caminho se faz caminhando. Um passo depois do outro.

Mais importante do que saber o caminho, é estar disposto a fazer a caminhada.

Seguimos!

Tiago Fiamenghi

Tiago Fiamenghi

Sou o que sou. Sonhador, idealista, realizador. Empreendo socialmente e acredito que pequenos gestos podem sim fazer uma grande diferença.
Tiago Fiamenghi

Últimos posts por Tiago Fiamenghi (exibir todos)

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.