SEM MENSAGEM DE SAUDADE

0

Leia ouvindo: Florist – Vacation 

Depois de tanto insistir, um fim. O silencio se tornou rei, e eu sua rainha. Silêncio assim sempre tem muito a dizer, mesmo quando tudo já foi dito. Acredite.

Quero descanso emocional, juntar os cacos em paz, tomar um porre. Insistir cansa demais! A assinatura da paz veio naquela nossa última troca de mensagens. Você dizendo ter saudades e eu sem sentir um pingo de vontade. Gostar de você não significa gostar da relação que tentamos manter até aqui.

Aliás, podemos chamar de relação? Silencio de novo. (Com certeza não).

Você nunca foi tudo que eu sempre quis para mim. Sempre tive que me moldar, mudar uma coisa aqui, silenciar para não brigar ali. Você sempre tão cheio de opinião, eu sempre tão fácil de lidar. Você sempre teve razão, o meu maior defeito é a teimosia.

Gosto de chegar no meu limite. Esse abraço apertado me faz bem. É o verdadeiro aconchego para quem acabou de sair de uma tentativa de molde.

Fotografia: Juliana Manzato

Anote ai, a única coisa importante para as suas próximas relações serem de verdade: Fluidez. Se tudo flui, inclusive a conquista por respeito. Salva de palmas!

Quando você finalmente aceitar e enxergar que existe beleza na imperfeição, entenderá que não existe molde para se encaixar. Quem tiver que ficar, vai ficar. A moeda de troca é a liberdade, deixe livre. Se voltar não significa que é seu, tá? Significa que mesmo livre, o outro te quer perto. É vôo livre. É decolagem juntos.

Dentro da liberdade que me foi dada, não existiram motivos para voltar. Eu não quero o homem, mas gosto do amigo. É uma conta sempre difícil de fechar, principalmente por misturar extremos. A liberdade também dá resposta. É vôo livre. É decolagem solitária.

Um ponto final sem mensagem de saudade, sem vontades, sem muitos cacos. Não é o término que dói na verdade, é a insistência.

Insistir demais cansa, meus amigos.

Juliana Manzato

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras.Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Faz da vida poesia e textos. Muitos textos!Sonhos? Vive deles
Juliana Manzato

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.