A ATUAL DO MEU EX

Leia ouvindo: NoMbe – Wait 

Nem sempre é fácil superar o fim, mas para mim o pior é o recomeço. O nosso e do outro. O primeiro passo é doloroso, mas são nos seguintes que vem o vazio. Não tem mais ninguém para ir junto.

Quanto tempo dura um recomeço? Depende. O tempo é seu e de mais ninguém. Só você sabe das suas dores, feridas e delícias. Portanto, partindo desse principio, não dá para julgar o ex que já atualizou o status de relacionamento novamente.

Vai doer, deixa. Você ainda está confusa para dizer se ainda é amor ou teimosia. (Teimosia em achar que poderia dar certo ou que iria voltar a ser seu).

Independente da decisão dele, não faça da vida deles e especialmente dela, um inferno. É movimentar energia ruim. Não adianta comparar beleza, estilo de vida e posses, você nunca será melhor do que ninguém. Ninguém, ouviu? Temos essa mania cretina de achar pontos para apoiar o cotovelo dolorido. Não caia nessa. É movimentar outro tipo de energia ruim.

A ex do seu atual não é melhor do que você, ela só é uma outra escolha. Se essa escolha será melhor ou pior não cabe a você decidir. Tudo isso que você está sentindo ele também vai sentir quando você encontrar alguém. São sensações humanas, independente de homem ou mulher.

Fotografia: Juliana Manzato

A ex do seu atual é tão mulher quanto você, ela também tem inseguranças. Crescemos num mundo que coloca mulheres contra mulheres. O emponderamento feminino veio para mostrar que jogamos no mesmo time, isso significa que você não precisa virar best da moça, obvio! Mas não precisa denegrir a imagem dela, ou inventar histórias, ou até mesmo torcer contra. Você gostaria que fizessem isso com você?

Num mundo onde a resposta obvia seria: “As pessoas já fizeram isso comigo, porque eu não posso fazer?”, ser um pouco mais positiva com você mesma e com o outro tem tom de rinha. Percebe a quantidade de sentimento que você movimenta? Duvido que te faça bem pensar em todo o peso que esse novo relacionamento traz para o seu coração.

Volto a dizer, vai doer! Lágrimas vão cair, seus pés não sentirão o chão, você pode deixar de comer, dormir e render no trabalho, mas vai passar.

E a melhor maneira de fazer esse ciclo doloroso passar não é culpar a nova escolha do seu ex, é trazer o olhar para você. Sabe a história de transformar tudo de ruim num belo trampolim? Pois bem. Use sua dor à seu favor. Aliás, use toda e qualquer dificuldade que aparecer na sua vida em algo positivo para você.

“Como que para ela é tão fácil?”

Se é isso que você está se perguntando, eu posso te dar uma resposta: Nunca foi fácil. Da sensação de término ou da comparação com a atual (que é inevitável). Mas eu aprendi sobre escolhas, assim como ele foi a minha escolha e fez parte da minha história, o mesmo fui para ele. Todas as vezes que a gente pede para o universo deixar só aquilo que é bom, ele faz exatamente isso. Entenda e respeite. Somos ciclos.

É necessário ter sabedoria para deixar ir, mas necessário mesmo é o trampolim para saltar quando você decidir ir. Ou você pensou em sair dessa situação dando só meia pirueta?

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo