A Desculpa da Barriga Chapada #3 | Escolha um Exercício, CardioCore

Promo da Onça

Leia ouvindo:  I am Oak – On Trees and Birds and Fire (Sam Feldt & Bloombox Remix)

A história começou mais ou menos assim, a Joana começou a seguir o perfil do blog lá no insta (@donaoncinha) e num dia qualquer me mandou nos comentários o pedido pelo meu e-mail de contato, mandei. Começamos a conversar e pintou o convite para fazer uma aula experimental de CardioCore.

Confesso que não entendi muito bem do que se tratava, mas no sábado, lá estava eu, junto com a Bia (minha carioca) e o Paulinho (fotógrafo aqui do blog e meu primo) para a tão misteriosa aula. Joana, a professora e criadora do CardioCore é simpática, querida e com um corpão de dar inveja. Conversamos um pouco e lá fomos nos para a aula.

Fazendo um resumão, fui achando que era pilates, mas sai de lá exausta, suando bicas e dolorida. Com aquela baita sensação de dever cumprido e coração apaixonado. Explicando para vocês, o CardioCore é uma modalidade criada pela Joana e sua irmã, Lúcia Magalhães, educadoras físicas e professoras de pilates. A ideia surgiu justamente pela maioria das mulheres procurar o pilates para apenas fortalecer os músculos ou fazer alguma correção de postura, alongamento. Ninguém nunca pensou na quantidade de calorias que poderiam ser queimadas ali. Joana e Lúcia pensaram! Que tal unir pilates a exercícios de capoeira, funcional e aeróbio? Isso mesmo, tudo junto e misturado. Sabe aquele tipo de aula que quando você vê acha fácil mas pra fazer é um esforço tremendo? É pior, garanto.

[ A primeira aula teve a foto “Pose” e também a foto “Tombo” – meu tombo da bola. PH: @PauloManzatoJr ]

CardioCore1

[ Eu cai, o Paulinho piscou e a Bia caiu na gargalhada. Joana foi a única que ficou na pose! ]

CardioCore2

Terminei a aula exausta e apaixonada. Tinha encontrado ali a solução dos meus problemas: uma sequência de exercícios que poderia ser feita em qualquer lugar. Seja dentro de casa, no quintal, no parque, enfim. Bingo! Estava ali a solução para as minhas viagens a trabalho e o R$ gasto a toa na academia, justamente nas semanas que eu não ia.

Sai da aula com um planejamento debaixo do braço, a Joana com ideias. Começamos com a adaptação dos treinos e os vídeos (!!!). Sim, a Joana gravou 4 aulas para eu ir fazendo dentro do meu tempo e espaço, que no caso, era 6 am e dentro de um nano apartamento. Me apaixonei de novo. O que parecia fácil, vinha como bomba no dia seguinte: dolorida. Satisfeita com o treino, começamos a programar mais coisas, entre elas 2 treinos presenciais por semana, lá no terraço do prédio onde trabalho.

IMG_9934

IMG_0069

O que antes era desculpa, agora virou diversão. Divido as aulas presenciais com duas amigas e além das calorias perdidas, começamos o dia com risadas. É o nosso encontro, as segundas e quartas, 7:30h.

Se tem uma coisa que eu aprendi com o CardioCore e com a Jô, é que o peso do próprio peso por vezes basta. Força a gente tira de onde não tem, que o agachamento no TRX pega pra cA%#%&*, que treinar parada de mão é super divertido e reaprender a virar estrela também. Fora a prancha e o abdominal. Aprendi que é possível treinar sem dar desculpas e que os resultados aparecem com esforço e horários regrados.

Processed with VSCOcam with p5 preset

[ Rê e Mirinha: peso, risadas e juntas na #ADesculpaDaBarrigaChapada ]

Estou viciada no CardioCore e esse será sem dúvida alguma o meu exercício “base”. Vou provavelmente experimentar outros durante a coluna, mas a ideia é usar o CardioCore como o principal eixo para a mudança no meu corpo. Que já começa a aparecer em um mês e meio de treino.

E agora? Qual é a sua melhor desculpa?

[ Ficou interessada na aula da Joana e da Lúcia? Os contatos estão abaixo 😉

Facebook: facebook.com/cardiocore

Instagram: @cardiocore

E-mail: cardiocore@outlook.com ]

Assinatura_Juju

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Um comentário em “A Desculpa da Barriga Chapada #3 | Escolha um Exercício, CardioCore

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo