Alguém que te quer bem

Leia ouvindo: Gabrielle Aplin – The Power of Love

Eu te quero bem.
Eu te quero, meu bem.
Eu te amo, também.

Se o amor é diário, o querer bem é quase uma oração.
Antes mesmo do amor, a gente tem que querer bem quem a gente escolheu para estar ao nosso lado. Querer bem pode ter mil significados, entre eles, abrir mão de coisas, ter paciência, compreensão, dar abertura, errar, acertar, brigar e chorar junto. Um resumão meio que sem vergonha para um texto – confesso, mas se a gente aplicar no dia a dia, vai ver que tudo é muito mais que isso.

1ab1bca8becbc40b793cb848d7498cbe

[ Imagem: reprodução/pinterest ]

Quando “queremos bem”, acreditamos na mudança, criamos esperança e tentativas. Acreditamos que o amor – e todos os seus clichês do universo – mudam pessoas e situações. De tanto que acreditamos no amor, a mudança e a tentativa aparecem num resultado mágico.

Querer bem faz bem ao coração, uma massagem na alma, criando um tudo-junto-e-misturado, mudança de atitude. Quando a gente quer bem, nos tornamos pessoas melhores, não é lindo?

Que a gente continue querendo bem, amando também e espalhando sorrisos sinceros. Ame, queira bem, que o resto vem, já dizia minha sábia avó.

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo