Apego ou desapego?

por Juliana Manzato

O bem-me-quer-mal-me-quer passou por período de evolução. Apego ou desapego é a bola da vez na vida moderna (e chata) que vivemos. Afeto, amor, respeito, companheirismo ou até mesmo uma história não são mais fatores determinantes para se iniciar um relacionamento. O apego por alguém (e também o desapego) só acontece quando for bom para uma das pessoa envolvidas. Escreve ai, no cantinho da agenda, no lembrete do celular: ERA DO EGOISMO.

“Me apego ao que é interessante para mim em determinado momento, se não for, vou para outra história, capitulo. Não existe mais o tentar.” Pode até ser ingenuidade da minha parte, mas perceber que o mundo gira em torno de um interesse momentâneo não me agradou muito. Tão fácil tratar pessoas como produto: me decepcionou? Próximo. Tão fácil tratar um relacionamento como “fase de vida”: “Perdeu a graça. Troca”. Tão fácil ter amigos de balada: “Vamos fechar uma garrafa? vamos. E a amizade acaba ai, no ponto final.

Apego ou desapego, tudo se tornou superficial, cômodo, frio e egoista. Foi-se o tempo em que as pessoas acreditavam no “bem-que-quer” ou “mal-me-quer”, o interesse substituiu o sentimento. Se for interessante continuar com aquela mocinha ou mocinho ali, vamos em frente. O interessante que quero dizer está ligado a: se é bonita, ok. Se ela não liga que saio com os meus amigos em pleno sábado à noite, ok. Se ela não me liga enchendo o saco durante a semana, ok. Se ela é simpática com os meus amigos, ok. Se ela me aguenta bebado e chato, ok. Se ela não sabe quem é Jorge Amado, ok (Afinal, nem eu – o mocinho – da relação sei quem é esse cara, – Cravo e Canela é ligado a ele, não?). Quem nunca viu algum mocinho ligar o interesse à mocinha com esses pontos, não sabe o que é relacionamento. 2012.

Me dá asco imaginar que boa parte das pessoas faz parte e contribui para esse jogo de interesse, para esse tipo de relacionamento superficial, que se tornou egoísta e cheios de memes para explicar ironia.

Apego ou desapego? Primeiro, saia dessa bolha que você vive.

Últimos posts por admin (exibir todos)

admin

2 comentários em “Apego ou desapego?

  1. Concordo, mas não acredito que todos pensem assim sempre. Parece mais um pensamento “jovem” de quem goza de plena saúde e é exposto à “oportunidades” demais.
    Digo isso, pois acredito que ninguém goste de ficar sozinho. E depois de uma certa idade, agir dessa forma egoísta só irá garantir essa solidão.
    Quando a dor vem, a cabeça muda.

    1. Rafael falou e disse com propriedade. Muito provavelmente já tem experiência suficiente para poder falar sob a ótica de vários pontos de vista, o que é muito importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo