As delícias da vida de solteira | Parte 1

Leia ouvindo: Zedd – Beautiful Now ft. Jon Bellion

Foi através de uma conversa no whatsapp com a Marília, uma amiga querida, que veio a ideia da série “As delícias da vida de solteira”. A Marília é ótima! Linda, loira, simpática, animada e risonha. Trabalha pra caramba e no tempo livre gosta de viajar. Temos muita coisa em comum, entre elas a idade e o estado civil. Solteiras e felizes. Tudo começou com a frase “Ju, estou apaixonada pela minha vida de solteira. Pela primeira vez eu não quero ter ninguém.”. E como eu entendi a Má.

Não faço ideia como seria a vida de uma mulher solteira com a minha idade lá atrás, 40, 50 anos talvez. Imagino que a pressão era absurda. Imagina, solteira com 28 anos? Encalhada na certa. O “ninguém te quis” era evidente. Triste, eu sei. Os tempos mudaram e agora quem não quer sou eu, assim mesmo, em tom de birra.

Mulher solteira deixou de ser sinônimo de mulher infeliz, pelo contrário, mulher solteira é tão feliz e bem resolvida que só entra em um relacionamento quando vale muito a pena. Paramos de nos importar tanto com o status e estamos cada vez mais preocupados com qualidade. Se é para ter um relacionamento  que seja para ser feliz, agregar, compartilhar, crescer e estar junto. Caso contrário: foi bom te conhecer, beijos. Ninguém precisa de um relacionamento se não for para somar e multiplicar.

Descobrimos que não é impossível ser feliz sozinho. Que bom!

5cf53c4974a8f57ab960d9e982f51ee3

[ Imagem: reprodução ]

Perguntei nas redes sociais o que existe de tão gostoso nessa fase da vida e uma resposta foi unânime:

  1. Liberdade

Liberdade, nos realmente somos apaixonadas por você. Ser livre para decidir o que fazer hoje, amanhã ou no final de semana. Ter vários grupos de amigos e ninguém para implicar com eles. Sair de casa sem ter hora para voltar. Ficar em casa se preferir, vinho, filme e pipoca. Ser solteiro não significa ser baladeiro. Você pode substituir festas por viagens, por exemplo. Ou unir as duas coisas em uma só: que tal Vegas? Vamos? #Partiu.

Esta vendo a graça? Solteiros vivem o agora, fazem aquilo que estão com vontade e aproveitam tudo com muita intensidade. É nesse segundo, no próximo não sei. Se quiser viajar amanhã é só comprar a passagem, se quiser dormir até tarde é só desligar o celular, se quiser ir até ali é só ir, oras. Não existe ninguém que pegue no pé, proíba roupas ou saída com amigos. Existem vontades únicas e liberdade para fazer escolhas.

Avulsos com orgulho. Ser solteiro não denigre a imagem de ninguém, é uma fase da vida e qual o problema se durar mais do que muitos relacionamentos? Já dizia nossas avós, antes só do que mal acompanhada. Nunca, nunquinha, vou entender essa gente que não consegue ficar só e por conta disso entra em relacionamentos fadados ao fracasso. Liberdade quando não é bem usada se torna prisão.

Ser solteiro é ter dentro de si uma liberdade única e o mundo aos seus pés. Você é do mundo e o mundo é seu. É o seu passaporte para ir e vir, se conhecer e principalmente crescer. Crescer para voar, quem sabe conhecer alguém, ter um ninho para criar, mas ainda sim, ter um céu inteiro para explorar.

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo