As delícias da vida de solteira | Parte 3 | Exigência

Leia ouvindo: Matt Simons – Catch & Release (Deepend remix)

Depois de um tempo, começamos a perceber que não é mais qualquer festa que nos tira do conforto do lar e nem qualquer pessoa que entra para o seu seleto grupo de amizades. Percebe, também, que não é qualquer cara que faz seus olhos brilharem ou seu coração disparar ao receber mensagem. Você não sai mais de casa para gastar aquele batom que tanto gosta com qualquer boca e nem roda quilômetros para ver aquele cara que não vale a pena, afinal, o seu blush custa mais caro do que o tanque de combustível.

Além de amor próprio, a vida de solteira te ensina a ser exigente. O que não é nada ruim, convenhamos. Aprendemos sobre prioridades e urgências. Ficamos craques em previsões de futuro, tipo saída de mestre, balões e desculpas. Na lição de casa existe também aquela parte do “eu sei o que não quero”. Foram tantos tapas na cara e decepções que a vida te deu, não é mesmo?

A duras penas nos reerguemos dos tombos, olhamos no espelho e decidimos que é hora de cuidar da gente. Ser exigente com a gente mesmo. Nos cuidamos mais, vamos atrás de novidades para preencher as ideias e  pensamentos.

228735a3b64acb255434342977207c42

[ Imagem: reprodução ]

Erguemos muretas, muros e até muralhas com nosso nível de exigência, e isso não é de todo ruim. O castelo sempre ficará protegido, mas isso não quer dizer que você não irá explorar o bosque ao seu redor.  Muito pelo contrário, você agora busca por aventuras, mas sabe que depois de um longo dia encontrará segurança no próprio castelo. Não é um lindo conto de fadas?

E falando em conto de fadas, sonhamos com o felizes para sempre e esbarramos com o presente que é o aqui e agora. Aprendemos com louvor a aproveitar momentos e não alimentar com carboidrato as expectativas – elas costumam crescer demais e não entram nem a pau naquele jeans 36 que tanto queremos.

Ouvi de muitos que exigir demais atrapalha. Educadamente discordo. Ninguém aqui tem mais idade para mimos e birras, as prioridades são outras e os desejos também. Toda mulher quer chamar um príncipe para conhecer seu castelo e passar um dia no bosque.

O problema é quando esse mesmo príncipe trabalha com a lei do mínimo esforço. Convenhamos, em qual conto de fadas você viu princesas se contentando apenas com uma valsa ou migalhas de atenção? Pois bem. Se até mesmo as princesas da Disney eram de certa forma exigentes, me diga, por que você não vai ser?

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo