Até o próximo carnaval

Leia ouvindo: Francis – Coeur de Pirate

Foi em pleno Carnaval que os nossos olhares se cruzaram. No meio de tanta gente achei você. Achei sem procurar, sem perceber, mais ou menos como achar dinheiro em bolso de calça. Uma surpresa feliz.

A aproximação não demorou muito, o meu charme se rendeu ao seu e naquele momento não existia bagunça em volta ou expectativa. Existia entrega. Uma troca bem justa porque o beijo era bom. Pedro deixou de ser um nome comum para ser seu. Até estranhei quando você deixou seus amigos de lado para andar de mãos dadas comigo.

A única expectativa criada era para o próximo beijo, que acontecia a cada pequeno passo que a gente dava. Eu sabia que ao virar de uma próxima esquina você poderia partir e levar contigo o meu melhor beijo de carnaval, mas ainda assim você seria o meu Pedro. Você naquele momento era meu e eu gostei. Essa vontade absurda de ter alguém para sempre estava longe de mim, preferia viver o presente ao invés de pensar no amanhã. Estou falando do hoje, do agora, porque o depois pode virar a esquina.

fac7f3bd2e27a21d7bdadb762e2d40ca

[ Imagem: reprodução ] 

O Pedro parecia não se importar com a folia mas sim com a escolha que havia feito, confesso que me senti especial. No final da noite era hora de se despedir. Até o próximo Carnaval ou vida inteira, o destino se encarrega porque a minha expectativa ele não tinha.

E assim ele virou a esquina e eu segui para a avenida. Foi assim que aprendi o quanto é bom ser importante, que seja por um único dia. Entendi mais sobre expectativas. O Pedro para muitos foi só mais um beijo de Carnaval, mas para mim foi o domingo de Carnaval. Poderia encontrar outros Pedros nos dias seguintes, mas isso realmente não era importante.

Talvez seja por isso que achar uma simples nota de R$ 2 no bolso da calça faça a gente feliz, mesmo sem valer muito. Porque o quem tem valor mesmo é a surpresa.

Que o Carnaval te surpreenda. Feliz Carnaval!

Assinatura_Juju

 

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

3 comentários em “Até o próximo carnaval

  1. Cruzei com o “meu” Pedro no revéillon e foi quase que dessa mesma maneira. Ao invés de virar a esquina e ir embora, continuamos sendo um do outro por alguns dias. A frase “Pedro deixou de ser um nome comum para ser seu.” me define bem. Pedro não foi uma paixão de carnaval pra mim, foi uma maravilhosa surpresa que 2015 trouxe logo nas primeiras horas e que continuou sendo por vários dias que se seguiram.
    Lindo texto Ju!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo