Bem vindo dezembro

2

Leia ouvindo: Robin Schulz – Sun Goes Down feat Jasmine Thompson

Eis que o mês 12 chegou, trazendo desejos íntimos e surpresas de bolso. Dezembro é o mês mais festeiro de todos. É também o mês de pensamento intenso, crises existenciais e uma dose de euforia. É uma mistura de anjos e demônios.

2014 foi um ano de altos e baixos, de decepções e felicidades. Dia 01/12 é o inicio do fim. É hora de rever planos, olhar uma nova rota, aquietar o coração e colocar a alma em dia. Dezembro vem carregado de significados e muitas dúvidas – como vai ser o próximo ano?

O pobre dezembro é amado e odiado, 8 ou 80, intenso e calmo, livre e acorrentado, é tudo ou nada. Quem inventou o ano novo não sabia do peso que o mês doze teria. Um marco, uma época que mexe com as pessoas.

O meu desejo é de paz. Paz de espirito, de alma, de calma e de coração. Uma liberdade que nunca se viu, um coração repleto, uma intensidade boa, uma força imensa, uma sensação plena de vida e de aproveitar ao máximo uma despedida. Sim, uma despedida inteira, com lágrimas, sorrisos, histórias e principalmente, gratidão.

8048

[ Imagem: reprodução ] 

É dezembro, sou grata! Aprendi a usar essa palavra no meu vocabulário com muita freqüência e depois de muito desejar, aprendi a agradecer, acima de qualquer coisa. E talvez, por você ser o início do fim, seja uma boa hora agradecer. Todos os meses eu agradeci, pedi, acreditei e recebi. Com a ideia de encerrar ciclos para começar um novo, a única coisa que eu queria fazer era te agradecer.

Os meus desejos continuam parecidos, mas a minha gratidão muda a cada segundo. Quando a gente aprende a agradecer, a gente aprende também a valorizar o que de menor acontece. Isso não envolve bens materiais, mas sim, bens sentimentais. Depois de pedir por 11 meses, é hora de agradecer tudo aquilo que aconteceu por aqui.

Obrigada por chegar em uma segunda-feira e ir embora numa quarta-feira, por trazer na mala sentimentos nobres, renovação e esperança. Obrigada pelas festas intensas. Obrigada pelo verão. Obrigada pelas novas histórias e planilha de metas. Obrigada por chegar de maneira mansa e ir embora explodindo, junto com fogos coloridos de artifício. Obrigada por ser a décima segunda chance! Obrigada pela oportunidade de fazer o inesquecível acontecer todo dia daquele novo ano. Obrigada por reciclar sentimentos, ciclos e pessoas. Obrigada pelo novo ano que vem. Obrigada pelas histórias que se foram, e pessoas também.

Obrigada por tudo, sempre. Gratidão de dezembro a dezembro.

Assinatura_Juju

Juliana Manzato

Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

You might also like More from author

2 Comments

  1. Kamilla Mendes says

    Um mega texto pra encerrar o ano com chave de ouro!!
    Seus textos são maravilhosos!!!

  2. Girlândia Santos says

    Adoro seus textos. Sou fã, apaixonada por cada palavra.

Leave A Reply

Your email address will not be published.