Climão de final de ano | Caos e Sussego

É dezembro, o ano passou tão correndo que estamos frente a frente de novo.

2013 foi um ano diferente dos outros e eu não consegui achar um porque. Talvez porque realmente não exista mesmo e o jeito foi vivê-lo. E como vivi. Tive perdas, que depois descobri que não foram tão grandes coisas. Mas caramba, como tive ganhos. Tive gente que apareceu na minha vida com embrulho bonito e laço vermelho. Como fazer para agradecê-los?

O climão de final de ano não teve muito tempo de chegar por aqui, porque dezembro chegou rápido demais e está indo embora na mesma velocidade. Não entrei no clima do Natal e do ano novo apesar de já ter escolhido os looks. As confraternizações foram poucas, mas tão especiais. Brinde com gente querida, amor e mais nada! Energia boa que move a vida e o mundo.

Ano novo já já chega com mala e tudo bem na sala de casa, e pensar que eu nem fiz um balanço de 2013 e muito menos arrumei tudo que gostaria para 2014. Falta de tempo e climão de final de ano, não combinam… mesmo. Talvez role um, “Pode chegar 2014, desculpe o auê, a bagunça e a gritaria”.

Por fim, estamos na última segunda-feira útil – pelo menos para mim – do ano e eu ainda não acabei com as minhas pendências, ou resolução de outros problemas. Tenho para mim, que o ano deveria ter 13 meses, para o último ser de pura comemoração ou fechamento para balanço. Um mês de festas, correria insana e vida em ordem, tudo ao mesmo tempo, sem coordenação alguma, realmente é muita loucura.

Dezembrão, te amo! Mas sejamos sinceros, você é aquele mês de fúria e paz, amor e odio, viagem e descanso, festa e solidão, comemoração e redenção.

{ Imagem reprodução }
{ Imagem reprodução }

Hoje foi a sensação do cair a ficha. “Puta vida, quase 2014 e o que eu realmente fiz?” Ainda dá tempo de correr para a vida e para as comemorações. Digo isso com a esperança de quem ainda nem montou a arvore de Natal e que corre contra o tempo para acabar com a lista de pendências até 20/12. Missão impossível, se bem que é Natal… e eu fui uma boa menina. Espero por milagres, mas também faço a vida acontecer.

Vamos correr contra o tempo, afinal, somos do país da última hora e milagrosamente, Deus dá uma mãozinha, os anjos dizem amém, os santos se unem e olha, no final tudo dá certo. Bora lá.

Assinatura Ju - 2013

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Um comentário em “Climão de final de ano | Caos e Sussego

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo