Cotidiano Dela #04 | Dos teatros da vida

0

Leia Ouvindo: John Coltrane – Psalm

Cena 1 – O Impossível

Justo você, que não gosta de mim, despertou meu amor.

Mas eu gosto de você. Muito.

Eu sei. Tento mudar a verdade pra me sentir melhor. Melhor seria se fosse o oposto.

Por quê?

Ia doer menos.

Dor não se mensura.

Gosto de pensar que sim.

Você pensa demais.

Só queria entender.

Se fosse para entender, não teria o valor que tem.

Fácil para você dizer.

Acha que não dói em mim também?

Sei que dói. Só é uma dor diferente.

Já disse que dor não se mensura.

Nesse momento, a minha é a maior de todas.

Fotografia: Juliana Manzato

Cena 2 – O Imperfeito

Eu quero.

Mas não pode.

Uma coisa não anula a outra.

Não quero pensar nisso. O que não tem remédio, remediado está.

Por que você foge tanto?

Sou eu que acabo me dando mal. Mais na cara, impossível.

Eu me dou mal também. Nesse momento estou me dando muito mal.

O teu eterno é efêmero demais. Quando viu, já não existe mais.

Você fica medindo o tempo e não a intensidade…

Eu fico medindo até onde dá pé pra mim.

Eu te seguro. Se não der pra atravessar, eu te coloco de volta na borda.

Não entendeu que você já está sufocando. No máximo, vai me levar junto.

Seria ruim morrer comigo?

Não quero.

Seria?

Não. Mas não quero.

Você pensa demais…

Você pensa de menos…

Cena 3 – O improvável

Não pensei que poderia ser com a gente.

Quase que passa o tempo de descobrir.

Não existe tempo exato para isto.

Gosto da dramaticidade.

E agora?

Sei tanto ou menos que você.

Como vai ser daqui pra frente?

Não sei! Tinha planejado tudo de um jeito diferente.

Ah, é?

Tinha. Não parecia nada correto, mas estava tudo meio que traçado.

Eu queria. Não dizia nada, mas queria.

Eu também. Mas era muito confuso ver aqueles planos tomando outras formas.

Outras formas…

Agora, as tuas.

Novo mundo?

Mundo novo.

* * *

Para o bem ou para o mal, os momentos de incerteza rendem as conversas mais bonitas.

Jader Pires

Jader Pires é escritor. Largou a publicidade, a experiência de sete anos em um banco e foi escrever. Começou a ler livros depois dos vinte e teve que correr atrás do tempo perdido. Já lançou três livros: o Ela Prefere as Uvas Verdes e o Do Amor, de contos, e agora, lança o seu primeiro romance, Deserto Negro, já disponível para compra. Siga-o no Instagram! @jaderpires.
Jader Pires

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.