De pernas pro ar

Promo da Onça: Oficina do Estudante

Leia ouvindo: Florence + The Machine – Dog Days Are Over

Férias. Merecidas férias. Segundo o sábio dicionário, s.f.pl. Época de repouso. O corpo humano não pode atuar com toda sua potencialidade sem períodos frequentes de repouso. Há muito os médicos reconheceram que várias doenças do corpo e do sistema nervoso podem ser curadas apenas com a ausência da atividade normal e cotidiana. A mudança da rotina cotidiana que ajuda a restaurar o corpo, a mente e a disposição das pessoas chama-se férias. Sinônimo de férias: descanso e folga.

E nada é mais gratificante do que deixar o corpo em repouso depois de um período de inúmeras atividades. É necessário uma pausa, um repouso, um intervalo, para poder respirar, pensar, colocar as ideias no lugar e depois voltar a ativa com um novo foco, um novo objetivo, novas ideias. Tudo novo.

4083

[ Imagem: reprodução ] 

Poder dormir tarde sem a preocupação de acordar cedo. Ir ao cinema em um dia qualquer e pegar uma sessão às três da tarde. Arrumar a bagunça do armário. Fazer aquela viagem que há tempos planeja. Passar uns dias no sitio ou sair para ver o mar. Ler um livro inteiro em um único dia. Dormir na rede. Comer todas as coisas mais gostosas na casa da sua avó. Não ter que se preocupar com prazos. Não criar uma rotina. Não fazer planos e se fizer, não cumprir metade.

Nas férias quebramos regras e rotinas. São dias plenos de sossego e tranquilidade. Novas ideias chegam, as antigas se alinham, muita coisa é jogada fora. Uma limpeza quase que divina. Um “eu mereço” realmente merecido, batalhado, conquistado. Férias tem gostinho de vitória, e que vitória!

Aproveite a felicidade que tem nome, não cabe em alguns dias e é cheia de si. Vem férias, que eu sempre te quis.

2015_Ju

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo