Deixa eu gostar de você

por Juliana Manzato

Você tá ai, dormindo e eu aqui te olhando como uma boba, pensando nos por quês e pra quês…
Eu sei, mais bobo ainda pensar e não deixar rolar, mas eu não consigo. Não consigo não pensar, não criar qualquer expectativa e pior ainda, não consigo lembrar de tudo que já passei na mão de outros tais.

Se tem uma coisa que a gente não consegue mudar, é passado. Ele deixa marcas, faz a gente sempre pensar muito antes de agir e tem a péssima mania de aparecer em momentos assim, como esse… você dormindo, eu olhando para você e tentando achar qualquer explicação, sem explicação. Santa Ignorância.

Sabe, um amigo me disse que a gente sabe que é amor quando o rumo certo é aquele que a gente vai sem perceber, por que simplesmente sabemos que é certo. Não gosto do será, mas… será que o nosso rumo é o certo? Será que vai dar samba? Será que vai chover? Será que vai rolar? Por enquanto prefiro te ver dormir…

Mas… deixa eu gostar de você? Deixa eu acordar do seu lado todos os dias? Me deixa ficar com você nos dias de chuva? Me deixa arrumar as suas camisetas por cor? Deixa eu me apaixonada por você? Deixa eu levar as nossas vida para outro lugar?

Dai, depois de tantas perguntas e de jogar tantas responsabilidades para você e pensar tanto em tudo, decido parar de olhar e virar  para o meu lado da cama. Ainda bem que eu fiz isso, tento cochilar mas logo depois você acorda e me surpreende com um beijo na nuca. E voltam os por quês, os pra quês… mas dessa vez, minha mais preocupação é rolar com você na cama. Deixa eu gostar (mais) de você.

Últimos posts por admin (exibir todos)

admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo