Diga X

2

“It’s a lie. It’s a bunch of sad strangers photographed beautifully, and… all the glittering assholes who appreciate art say it’s beautiful ’cause that’s what they wanna see. But the people in the photos are sad, and alone… But the pictures make the world seem beautiful, so… the exhibition is reassuring which makes it a lie, and everyone loves a big fat lie.”
— Closer, perto demais

E aí que você atualiza o instagram como se fosse a coisa mais legal que você poderia fazer nas férias que você passou naquela casa incrível no meio da montanha. E tira fotos de tudo, de todos e publica em todas as redes sociais possíveis e imagináveis. Sem falar que não dá pra deixar de registrar aquela música incrível que a sua banda favorita está tocando, então não tem problema se assistir o show que você pagou uma pica através da telinha da sua filmadora digital.

Tudo bem pra você, todo excesso será perdoado, afinal, vivemos na era da informação, não é? Quanto mais registros melhor. Pra que cérebro, coração e alma, se a gente tem um monte de aparato tecnológico para suprir nossa frieza emocional?

Marshall McLuhan é mundialmente conhecido por seu discurso acerca dos meios de comunicação – e tecnologias – como extensões do homem. EM 1974, todavia, ele já havia discursado sobre o ‘IDIOTA TECNOLÓGICO’, sujeito que não vê a mensagem a partir do meio, ou seja, aquele que faz do meio ou tecnologia sua prisão. Seria McLuhan a mãe Diná dos novos tempos, ou, nós, seres humanos, é que somos previsíveis demais?

É notório que os gadgets – ou novas extensões do nosso corpo – são incríveis e exercem fascínio sobre todos nós. Mas não podemos deixar de nos questionarmos sobre o que tem sido agregado – ou não – à nossa vida com a tecnologia. Será que estamos tão entorpecidos pelas novas tecnologias, que estamos nos tornando dependentes, subordinados e escravos de uma realidade que nós mesmos criamos?

Não perca sua essência. Viver, de fato, é mais gostoso do que atualizar o facebook.

Últimos posts por admin (exibir todos)

You might also like More from author

2 Comments

  1. Marcelo says

    Tem gente que acha que, na sua última linha, uma coisa e outra significam a mesma. Cada vez mais gente, e é isso que faz com que pessoas como eu sintam-se cada vez mais fora de um contexto novo (e bizarro). Um beijo e parabéns – foi um puta texto.

  2. Richard Jesus says

    Seu post é foda, mas porquê me fez refletir, no entanto discordo.

    Tudo pode ser visto de várias formas, alguns perfis de instagram me inspiram muito a ver o mundo e certos detalhes de outras formas.

    O cara viaja para a montanha, no entanto tira uma foto de um bule antigo numa mesa de madeira antiga, me fazendo reparar nos detalhes do ambiente que me rodeia.

    Há quem como @adaniela (Um perfil popular que admiro) tire foto de portas e janelas, e encontre arte nisso, mas claro que há também pessoas que simplesmente querem mostrar para os outros aquilo que possuem ou tentam ser.

    O próprio idiota tecnológico pode ser um gatilho para tirar alguém de seu quarto e começar a viver sua vida de forma diferente.

    Sim, muitos de nós estamos fascinados por tanta tecnologia e ainda não aprendemos a usar de forma socialmente saudável, ainda não há regras de conduta definidas para isso, ou mesmo um bom senso coletivo sobre o até onde devemos ir.

    Viver é sim mais gostoso do que atualizar o facebook, mas você está blogando e eu comentando seu post, não seria também um blog apenas um formato diferenciado de rede social?

    Um formato que estimula um pensamento um pouco mais profundo e uma discussão mais inteligente, diferente do Facebook que estimula conversas mais cotidianas e fúteis, simplesmente pelo ambiente que proporciona, exatamente como no mundo físico.

    Vejo o Facebook como uma grande balada, onde as pessoas forçam aparentar estar sempre felizes, bem sucedidas e realizadas, pra isso elas precisam sim mostrar suas viagens, amigos, forma física, etc…

    E agora pergunto eu, você numa balada reclamaria que as pessoas só conversam de futilidades? Do decote que estão usando?

Leave A Reply

Your email address will not be published.