Ele deveria ter te dado flores

Quando a gente passa pela arrebentação das ondas, encontramos um mar mais azul, mais calmo e cheio de horizontes. A vida imita o mar! Diante de todos os momentos de felicidades, a vida muda de ventos, vem a tormenta e tudo que era certo, vira incerto e aquele cara que você jurava ser o amor, acabou de virar mais um babaca.

Ele não era “o” cara, muito menos cara para você. Veja bem, menina… Você precisa de amor, não de ausência. Quando digo ausência, não é só física, como em uma quinta-feira qualquer que vocês poderiam ter ido ao cinema. Estou falando de uma ausência muito pior, aquela emocional/sentimental.

40
{ Imagem reprodução }

Ele se fez ausente em alguns finais de semana, e tal atitude te fez ser a mulher menos amada do mundo. Ele não se importou em te ver depois do trabalho, ou na comemoração daquela apresentação importante na empresa. Ele não percebeu que você estrava triste, que só queria um pouco mais de carinho, atenção, chocolate e colo. Ele não te deu flores, menina. Que homem não dá flores para uma mulher? Por mais que elas morram, flores são flores. Elas tem poderes incríveis de arrancar sorrisos, alegrar o dia de uma mulher e dar abertura ao tão esperado pedido de desculpas.

Ele não te olhou direito, não te escutou, não segurou a sua mão com a firmeza que deveria. Ele foi areia movediça quando tudo que você mais precisava era a certeza de um chão, bem firme (obrigada!). Às vezes eles fazem isso mesmo, e ainda assim a gente tenta. Mulher adora encontrar tentativas em caras errados, cria esperanças inacreditáveis com homens miseráveis…

Chico (Buarque) estava certo! Já dizia,  “não se afobe não, que nada é pra já”. E realmente não é, porque o amor acontece no tempo certo. Podemos criar tudo, menos o tempo certo. Volto a dizer, a vida imita o mar. A gente nunca sabe quando realmente ela vai virar e que rumo vai tomar.

Não fique dando murros em ponta de faca, não pegue atalhos, opte por caminhos e antes de mais nada, vale lembrar quê se sair, apague a luz e tranque a porta. Tem coisas que precisam ficar ali, em silêncio, presas no escuro. Sabe porquê? Porque lá fora existem outros caras, outras flores e novos amores.

Você ainda vai encontrar quem te dê flores.

Assinatura Ju - 2013

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

12 comentários em “Ele deveria ter te dado flores

  1. Como um homem que tem a felicidade, a honra e a alegria de poder ser o SEU homem, pode não lhe dar flores, enquanto TODOS os homens do mundo gostariam de poder dar-lhe todas as flores que a natureza pode produzir?

    Como um homem pode abrir mão de tão brilhante, e completa companhia por qualquer outro afazer?

    Como não querer olhar esses olhos lindos e fazer de tudo para ver mais um sorriso doce e iluminado, e curtir não só todas as histórias que teve em seu dia, e todos os planos que têm em sua vida, ou simplesmente ser feliz em ouvir seu silêncio em um abraço forte, em que só a sua respiração faz a mais bela poesia.

    Hoje ele deve SE dar flores, em um arranjo redondo, com uma faixa bonita no centro e dizeres para um Homem que morreu para o amor da mais especial das mulheres: VOCÊ!

  2. Juliana parabéns pelo novo site.. Te acompanho a quase um ano e amo seus textos.. Fico na expectativa de ler sua pagina toda semana! Transmitir sentimentos em palavras é um dom.. Parabéns!

  3. Completamente apaixonada por este texto … Tão verdade. “Você ainda vai encontrar quem te dê flores.” ..

  4. Olá

    Acompanho seu instagram, e hoje, por curiosidade, vim ver o site. TUDO que estou sentindo agora, e que no fundo, não quero aceitar, está aqui. Não nos conhecemos, mas vc descreveu, exatamente, o que tenho dito pra mim mesma mas q as vezes receio em aceitar.
    “Não fique dando murros em ponta de faca, não pegue atalhos, opte por caminhos e antes de mais nada, vale lembrar quê se sair, apague a luz e tranque a porta. Tem coisas que precisam ficar ali, em silêncio, presas no escuro. Sabe porquê? Porque lá fora existem outros caras, outras flores e novos amores.
    PERFEITO.

  5. Moça, execelene seu texto.
    Como posso manter contato contigo ?
    Posso te add no facebook, por gentileza?
    Daniel Niéri – Mogi-Mirim

  6. Caiu como uma luva… “Não fique dando murros em ponta de faca.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo