Espírito Livre, Coração preso

0

Leia ouvindo: Lincoln Jesser – We’ll Be Fine

Amante da liberdade, apaixonada por emoções. Espírito livre, coração preso.

Não é fácil se acostumar com despedidas, nem apertos do lado esquerdo do peito. Para muitos faço parte do grupo dos desapegados, mas poucos sabem a preciosidade que guardo no peito. Aprendi a seguir em frente, mesmo quando a minha vontade era ficar. Ouvir “nãos” sempre fez parte da minha caminhada, mas não era exatamente isso que importava.

Nunca gostei de nada que me sufocava, de relacionamentos a roupas apertadas. Sempre gostei de sair sem rumo e voltar para o meu porto seguro. Desbravar mares e rios com coração valente. Passar temporadas fora de casa, mas ter a minha cama preferida para voltar. Talvez eu não seja raiz, mas semente que voa com o vento. Crio raízes depois, para brotar e recomeçar o ciclo.

8212

[ Imagem: reprodução ] 

Para os desavisados, os desapegados também sentem. Muito ou pouco, mas sentem. Tenho as mesmas dores que você, mas a grande diferença é que os meus desejos estão acima de qualquer limite. Não é egoísmo puro, é só viver sabendo que nada é para sempre. Somos  bonitos ciclos vivendo em um mundo de caos.

O coração e as lembranças são tudo que eu levo agarrado ao peito. Em bagagem pesada a vida te cobra pelos pesos extras. Adianta carregar pedras e se esquecer das flores? Não. Resposta curta e direta.

O que temos hoje é o sentimento de liberdade, e não ela presente no nosso dia a dia. Queremos um padrão, não nossas reais vontades. É mais difícil viver em sociedade do que imaginamos. Tudo é manipulado, dizem que você nasce livre mas te jogam na prisão dos padrões. Ser diferente não é normal!

É sempre muito ruim ser julgado, mas é o que tem para hoje e vai ter para amanhã. O importante é sempre lembrar que aquilo que você é, ninguém pode ser. Suas ideias, seus pensamentos, seus sentimentos, seu apego ou desapego. Você é tudo aquilo que sente, não o que é visto de fora.

Existe o lado bom e ruim das situações. Existe o lado bom e ruim das pessoas. Ninguém é perfeito, nem desapegado, nem livre, nem quadrado. Somos aqueles do coração pregado ao peito e para sempre prisioneiros de sentimentos.

Assinatura_Juju

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.
Juliana Manzato

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.