Feliz ano do novo

Leia ouvindo: Creed – With arms wide open

Não vou fazer balanço de fim de ano nem promessas pro que chega. Ando numas de deixar que o universo me surpreenda e, principalmente, de não criar expectativas.

Isso porque todo ano a gente espera o príncipe encantado e ele nunca chega (com certeza caiu do cavalo e entrou em coma). Porque prometemos eliminar duzentos quilos que só aumentam. Porque falamos que vamos trabalhar menos e amar mais e acabamos trocando as proporções. Porque prometemos aproveitar mais os dias e nos ansiamos e angustiamos cada vez mais cedo.

O ser humano e essa terrível mania de querer quantificar tudo… E o pior, antecipar. Acho que se o relógio falasse, pediria pros humanos pararem. Estamos querendo rodar mais rápido que ele e adiantar tudo que jamais poderemos prever das horas seguintes. Não sabemos mais esperar, parece que desistimos das surpresas.

[ Imagem: reprodução ] 

E se a gente voltasse a ser espontâneo? Abraçar porque deu vontade, e não porque prometeu quando pulou as ondinhas. Ligar porque deu saudade, e não porque estabeleceu metas pro novo ano. Beijar porque a boca pede, e não porque o ano que passou foi escasso disso. Chegar e fazer, assim, na lata. Sem nem pensar em obrigações ou consequências. Fazer, justamente, porque o novo é inconsequente. E delicioso.

Que o próximo ciclo de 365 dias seja repleto de ruptura de virgindades poéticas. Que façamos muitas coisas pela primeira vez e que, pela última vez, façamos aquelas que devemos mesmo deixar partir.

Não espero nada de 2015 e nem me preocupei em deixar a porta aberta pra ele. Eu quero mesmo é que ele venha escancarando, cheio de energia nova e vontade de acontecer. 2015, me surpreenda! (o único pedido é que seja positivamente!)

Assinatura_Bia

Bianca Carvalho
Últimos posts por Bianca Carvalho (exibir todos)

Bianca Carvalho

Uma carioca branquela, bagunceira e desbocada. Uma mulher questionadora, inquieta e expansiva. Uma amante do mundo, dos cachorros e de pessoas apaixonadas pela vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo