Fingir vale a pena?

Por onde eu passo vejo situações que parecem tão erradas que meu maior medo é cometer esses mesmos erros.

Ando passeando e passando por gente feliz, gente triste e muita gente fingida. Gente que tem um relacionamento com alguém muito bonito, ou muito rico por simples status. Não dá pra ter alguém que apenas faça seu coração bater mais forte sem pensar no que os outros pensam a respeito? Apesar de beleza, riqueza e afins, o que me interessa é a falta de fôlego, a ansiedade para o próximo encontro, a felicidade de ser só um quando surge o encontro, aquela sensação gostosa no estômago que só acontece quando nosso coração decide ser também de um outro alguém. Dizer não a tudo isso e sim a todo resto é o que me parece errado.

Não quero para mim esses namoros de fachada e nem essas solidões pintadas de alegria. Quero em primeiro lugar muita verdade por todos os estágios da vida em que eu ainda precise passar. Não quero saber a marca do carro, se ele o tiver, e não quero saber sobre sua conta bancária. Vou rachar a conta feliz se o sorriso no meu rosto for de verdade. E não adianta me criticar dizendo que já estou há muito tempo sozinha. Enquanto não aparecer alguém para me tirar do chão de novo não perderei tempo e emoções com quem não me faça pensar só em estar junto. Não vou enganar ninguém fingindo sentir o que não sinto. Não vou sair por aí de mãos dadas com alguém que não consegue tirar de mim o meu melhor. Não vou desfilar pela cidade em carros importados se ao meu lado não estiver o homem que me arranca suspiros.

reading-the-news-129747-320-439
{ Imagem reprodução }

No fim estamos todos numa corrida onde o prêmio é a felicidade. Tem tanta gente perdida, gananciosa, tomando o caminho errado. Se perdendo na curva da vida em que ela exige apenas coragem. Coragem para assumir quem você é e o que quer. É fácil ser feliz, é fácil. É só deixar de lado os outros, o que eles pensam, e ser você. Seja lá quem você escolher para te acompanhar por essas estradas esburacadas, eu só espero que não seja alguém só por aparência, status. Tenha consciência que por muitas vezes muito dinheiro no bolso pode ser pouco pra um coração que quer ser feliz e completo. Não consigo mensurar o tamanho da agonia que deve ser não se sentir bem ao lado de alguém e mesmo assim tentar passar a impressão de relação perfeita, repleta de amor. Sorrir sem vontade e se entregar a alguém que não é quem você realmente quer.

É triste e repugnante presenciar as pessoas se vendendo. A lei é uma só: não quero para os outros aquilo que não quero para mim. Não serei reflexo de gente que não entende o que é o amor. E amor? Amor pode ser tudo, menos isso.

Se for para viver de aparência, que eu aparente sentir o que realmente sinto e ser quem realmente sou.

Perfil - Dani

Últimos posts por admin (exibir todos)

admin

3 comentários em “Fingir vale a pena?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo