I just wanna be a woman.

3

(por Mel Lüdeman)

Caro ser humano do sexo masculino sinto-lhe informar, mas toda mulher é maluca. Não adianta esfregar a lâmpada esperando que o gênio vá lhe contar “o que as mulheres querem”. A gente não descobriu ainda, e todo o esforço para encontrar a resposta será em vão. Desculpa.

A nossa maior certeza, seguramente, é que sem amor não há sentido nenhum na vida, e a partir disso, desde cedo, a gente vive buscando o ‘big-one’, vulgo, ‘o carinha que vai fazer nosso coração parar por alguns segundos’ – seja de amor, paixão ou tesão.

Pode acreditar! Até mesmo aquela mulher mais durona e descrente que tá sentada aí perto de você, algum dia já desejou aquele Gerard Butler todo (ui!). Ou você acha que nosso poder de sedução altamente desenvolvido é meramente ilustrativo?

Mas nem tudo são flores, beijos e cavalos brancos. Há muito tempo a mulher não fica mais deitada esperando o príncipe. A sociedade exige a todo o momento que sejamos independentes, inteligentes, santas, sensuais, responsáveis. Sem falar do ode à bunda dura sem celulite.
Gente, é muito tenso – e contraditório, na maioria das vezes. Tem como ser sã?

Então, nesta data tão especial, quero parabenizar você, que assim como eu, se orgulha de ser efusiva, drama queen, verborrágica, louca, apaixonada… que vive cada momento como se fosse o último… que chora, que sorri, que vive!

Ser mulher é essa loucura toda mesmo, não se reprima! Porque apesar dos pesares, ninguém pode negar: SER MULHER É FASCINANTE.

Boa sexta e bom final de semana!

PS: a imagem ilustrativa hoje foi um agrado, afinal, a gente merece um presentão desses, né meninas?

Últimos posts por admin (exibir todos)

You might also like More from author

3 Comments

  1. Cássia Araújo says

    Mais um ótimo texto… cada vez eu gosto mais deste blog. Parabéns!

  2. Karinne Ferrari Cardoso says

    Não é sempre que consigo ler o blog… mas toda vez me supreendo com os textos. São muito bons. Parabéns!!

Leave A Reply

Your email address will not be published.