Ligar o "Foda-se" e ser feliz!

6

Nunca duas palavras ficaram tão bem em uma frase. Apesar das palavras se darem tão bem, vamos combinar que ligar o “foda- se” e ser feliz, nunca foi tão difícil.

Na nossa realidade, a felicidade parece estar longe, os problemas parecem só aumentar, e o tempo, aaaahhhhhhh o tempo, esse parece fugir da gente cada vez mais…  

Estamos da Era do Hedonismo, nunca se falou tanto de prazer! Prazer absoluto em viver bem,  em comer bem, em conhecer o mundo e… ligar o foda-se pra tudo aquilo que não dá prazer!

Ligar o “foda-se” para aquilo que não faz bem, não agrega, não ajuda, não atrai, não tem risada, não tem frio na barriga ou borboletas no estômago. A atriz Maria Ribeiro, escreveu em sua coluna na Revista TPM desse mês, uma frase que me chamou atenção, “Ser companheira do meus medo e dar a mão a eles foi a coisa mais bonita que aconteceu”. Ligar o “foda-se”, na minha opinião, é também saber encarar uma situação e deixar o tempo agir. Nossos medos, agonias, angustias, desânimos, decepções também devem ter o momento “foda-se”. Quando deixamos o tempo agir e as coisas acontecerem, conseguimos como a própria Maria declarou, dar a mão aos nossos pontos fracos e ser feliz. Assim, começamos a entender nosso pontos fracos e tudo fica mais fácil de lidar.

Ligar o “foda-se”, nada mais é do que desapegar. Desapego está ligado a ser feliz, a ter liberdade, é permitir-se viver. Desapegar de um amor cruel ou bandido, de um amigo falso, de uma vida ruim. É deixar o tempo agir, a ferida curar, a flor se abrir, a chuva cair e simplesmente não controlar o relógio das emoções ou até atitudes.

Quando ligamos o “foda-se”, precisamos saber exatamente para que lado vamos cair, afinal estamos “destruindo” um pilar interno, e ali mora o perigo. Se não estamos preparados para a “destruição”, nesse caso muito mais uma escolha, qualquer lado que cairmos estará bom. E vamos combinar que se, conseguimos tomar uma decisão, qualquer coisa que estiver por vir, não pode ser só boa. Precisa ser ótima. E se não vier o “ótimo”, tudo se resume em uma só palavra: frustração.

Desapegar, ligar o foda-se, escolher… a felicidade não está longe, só precisamos passar a etapa do “foda-se” e ser feliz. A vida é um espelho, o reflexo da sua imagem querendo ou não é a sua escolha. O que você quer ver no espelho?

“Viver e não ter a vergonha de ser feliz…”
Imagem: donttouchmymoleskine
Últimos posts por admin (exibir todos)

You might also like More from author

6 Comments

  1. Gi Pagoto says

    Ótimo ler isso. Principalmente quando se encontra na fase do “foda-se”, e com muito orgulho. O desapego é fantástico quando vindo na hora necessária. Mesmo assim é um fato dizer que precisa ser decidido com sabedoria.
    O melhor está por vir. Vamos aguardar e colher os bons frutos.
    E não só esperar coisas boas. E sim coisas ÓTIMAS. Mas lutar por elas.

    Beijo grande Ju. Muito bom o texto!

  2. Bianca says

    Acho que o foda-se tem que ser muito bem ligado, com a racionalidade do que isso pode acarretar. Acho mesmo que estamos levando tudo muito a sério e daqui há alguns anos vamos nos questionar o porquê de tanto tempo tenso de vida. Desapego é a palavra!

  3. Anonymous says

    E legal ler essas coisas quando voce esta no meio de um turbulência em plena fase do ” foda- se” o mundo!!!
    Acredito que certas coisas vem para Bem, e que o nosso esta sempre por vir…
    Parabéns pelo post Ju!

  4. Dayane Amaro Costa says

    Fico impressionada com a sua capacidade de captar a real situação em que as pessoas se encontram. Maravilhoso texto!

    Beijos

  5. Anonymous says

    Preciso disso na minha vida… Foda- se vou me desapegar de Tudo e Todos

Leave A Reply

Your email address will not be published.