Minha pedida pro fim de semana

2

Por @rubensgualdieri

Após uma semana lotada de compromissos, correrias, horários, reuniões, trânsito, filas, mais correrias, mais trânsito e mais…. ufa! Finalmente chega o merecido descanso com os amigos.

Se o programa for um barzinho descolado, se prepare pra cumprir o ritual de se arrumar, sair, estacionamento, filas, barulhos… ufa! Ou, chame a galera pra ficar em casa.

Os prós são muitos: ambiente intimista, repertório musical ao seu gosto e uma sensação de aconchego total! Ah, o cardápio deve fazer frente com os petiscos dos bares, não é mesmo?

Então vamos lá: receitinha de Calabresa flambada na cachaça com torradinhas aromáticas e um mix de cervejas.

Um gomo de calabresa – isso mesmo, UM gomo – serve de 3 a 4 pessoas, por isso, não exagere, pois além de ser mais difícil fazer uma grande quantidade, o que sobra esfria e perde aquele charme de um petisco feito na hora.

 

Porção:
– linguiça calabresa
– cebola
– cachaça
– shoyu
– azeite

Torradas:
– pão amanhecido
– orégano
– folhas de hortelã
– folhas de manjericão
– grãos de erva doce

Sem essa de cozinhar solitariamente… O negócio é o envolvimento da galera, pra noite ficar divertida e deliciosa. Existe uma situação que o cozinheiro deve estar concentrado preparando um belo jantar sedutor pra sua oncinha, mas isso é um outro dia…

Então, enquanto uma pessoa faz uma coisa, o restante ajuda como pode.

Fatie a calabresa em fatias mais ou menos da espessura de uma moeda de 1 real. Reparem que ela não é finíssima. De preferência, corte na diagonal e não em rodelas

Por quê? Porque a área de carne a ser cozida é maior, capiche?

Fatie a cebola em rodelas – dica: corte uma fatia na lateral da cebola, assim, ela fica paradinha e não sai rolando da sua mão na hora de cortar as rodelas.

Numa frigideira pré aquecida, cubra a superfície com o azeite (só cubra, não é pra fritar no azeite) e joge a calabresa separada uma das outras o máximo possível.

Vá virando com uma espátula de silicone até ver que está corada. Não deixe torrar!

Abaixe o fogo, despeje a dose da cachaça e ponha fogo. Não mexa, não assopre e deixe que ele apague naturalmente. É isso que vai deixar a linguiça com o gostinho malicioso da cachaça.


Tire da frigideira, despeje em uma travessinha e na frigideira, coloque as rodelas de cebola. Coloque um pouco (pouco mesmo, senão fica extremamente salgado) de shoyu sobre as cebolas e mexa bem. Quando elas murcharem, a porção está pronta.

As torradinhas devem ser feitas antes de tudo, lógico…. dddããããrrrr!!!!!

Pegue as folhas de hortelã e manjericão (a quantidade não importa) e pique o máximo que conseguir.

Em uma tigelinha, misture as folhas picadas com o orégano e coloque uma colherinha de sobremesa de grãos de erva doce.

Fatie os pães em rodelas, ajeite em uma assadeira e sobre cada fatia despeje uma generosa quantia de azeite. O suficiente para amarelar todo o miolo, não pra encharcar.

Salpique com vontade esse “pó” de ervas sobre as fatias e coloque no forno pré-aquecido. O tempo vai depender do tom que vocês gostam das torradas: amarelinha, bem corada ou mais marronzinha.

Com pessoas queridas reunidas, uma porção de calabresa flambada na cachaça e torradinhas aromáticas, não falta nada.

 

Vai besta, lógico que falta: e o mix de cervejas?

Fácil, cada um traz uma garrafa. Eu recomendo Baden Baden. Cada um traz um ou dois rótulos e no final todos têm a oportunidade de experimentar vários sabores.

Uma noite deliciosa, tranquila, divertida e com um custo 3 vezes menor do que uma noitada nos bares.

Beijokas e saúde.

Últimos posts por admin (exibir todos)

You might also like More from author

2 Comments

  1. Rubens Gualdieri says

    Facílimo de fazer, baratíssimo e rende que é uma coisa de louco Bi.

Leave A Reply

Your email address will not be published.