Mulher Freddy Krueger – um constante pesadelo na sua vida

2


por @RubensGualdieri




Eu ri muito com o texto da Bianca sobre o Homem Jason, mas, meu orgulho macho, invocado pela aclamação dos pares igualmente machos e cientes de que isso não ficaria sem troco, me fez falar sobre a Mulher Freddy Krueger, sim, aquela que transforma todas as horas da sua vida em um pesadelo.

Ela não se veste com uma malha listrada de preto e vermelho – o que por si só já seria um pesadelo – exceto, as torcedoras rubro-negras no Maraca. E também não têm as longas lâminas nos dedos – pesadelo somente igualado quando pintam as longas unhas de azul, verde, amarelo ou qualquer outra cor de parede ou carro esportivo. Mas ainda assim, elas têm o poder de transformar sua vida em um pesadelo de olhos abertos.

A mulher Freddy Krueger começa como um sonho. Perigoso isso, já que a vitima não entra em um pesadelo imediatamente. Primeiro ela liga pra você de manhã, tarde e noite. E quando chega a noite, reclama que você não liga pra ela. A vitima até pensa em falar que é porque ela não deu tempo hábil de ligar, mas prefere deixar pra lá. Depois disso, em um dia qualquer, ela pergunta onde você gostaria de ir na lua de mel – embora tecnicamente estejam juntos há… uns três dias. A vitima começa a se sentir acuada, mas ainda assim, acha bonitinho e deixa pra lá. Sonho é sonho e não se fala mais nisso. Mais umas semanas passam e os telefonemas passam da frequência manhã / tarde / noite para frequência “nutricionista”: manhã / meio da manhã / almoço / pós-almoço / meio da tarde / janta / noite / antes de dormir. E reclama que a vitima não ligou. Só se fosse imediatamente após ela desligar. Mas o sonho continua. Com 1 mês e meio de namoro ela já engata o “relacionamento sério” no Facebook e então a vitima começa a ter pequenos pesadelos (no sono mesmo). Como um passe de mágica – igualzinho sonho mesmo, saca? – TODAS as amigas da vitima se transformam em vagabundas, biscates, galinhas e putas. Não nessa ordem e nem nesse grau. Encontrar com ex na noite então… é certeza de uma briga. E horas depois, geralmente quando a vitima já está em casa dormindo, a frequência “nutricionista” de ligações ataca na madrugada para 2/3/4/5 e 6 da manhã. Todas com pedidos de desculpas e juras de amor eterno. E a partir daí, a frequência de telefonemas e SMSs noturnos passarão a crescer, crescer, crescer e crescer cada vez mais. Lógico, é chamada de mulher Freddy Krueger porque provoca pesadelos e qual horário mais propício, que a noite? TODOS os amigos da vitima, em um estalo, se transformam em bêbados, vagabundos, invejosos e más companhias. Não nessa ordem e nem nesse grau. E com o agravante que TODOS eles querem comê-la. Ela jura isso e assim, é melhor que a vitima termine a amizade (algumas desde a infância) com eles. Pro bem da relação.

É quando a vitima cai em si que o sonho é um pesadelinho disfarçado e resolve acordar. Uma conversa definitiva e ponto final.

Ponto inicial… a Freddy Krueger invoca os demônios do pesadelo e a vida da nossa vitima nunca mais será a mesma.

Ela aparece no trânsito, na porta do trabalho, os SMSs não param de chegar, ela surge do nada na balada, ela está onipresente e onisciente na vida da pobre vitima. Quando a vitima dorme e sonha, ela trata de dar o tom do pesadelo: liga às 4 da matina, completamente bêbada, para tirar satisfações, dizer umas “verdades” e mostrar pra ele, como teve coragem de abandonar um relacionamento tão intenso e bonito como o deles. Via de regra esse relacionamento intenso e bonito era coisa de 2 meses…

E dia após dia o pesadelo aumenta, toma formas diferentes e sufoca.

Alguém lembra como eliminava o Freddy Krueger no filme? É isso mesmo… virando as costas pra ele quando atacava, porque os pesadelos se alimentam do medo e quando a vitima tinha a coragem de virar as costas, simplesmente ele se dissipava no ar.

Entenderam ou quer que desenhe?
Últimos posts por admin (exibir todos)

You might also like More from author

2 Comments

  1. Dona Oncinha says

    Rubens e Bianca, a dupla dinamica do blog! Sem mais 🙂 LINDA, RICOS, CHEIROSOS E GOSTOSOS! PEGO E BAGUNCO COM OS DOIS, TA?

  2. Rafael Noris says

    Nada mais brochante que pessoas carentes, né? Um mimimi aqui, outro ali tudo bem, mas o mundo é muito maior que nosso umbigo. Sai pra lá, Sras. Krueger!

Leave A Reply

Your email address will not be published.