No final também sofre

Leia ouvindo: Avalanche City – Love don’t leave me

No amor é sempre assim, chega quando a gente menos espera no colo de quem a gente nem imagina. Tudo é sorriso, abraço, e aqueles desfechos de histórias comuns. Dizem que o amor é lindo, mas a gente sofre.

A verdade é que nem tudo é perfeito e nem precisa ser. Todo mundo erra, acerta, e poucas vezes praticamos o perdão. Não é fácil, mas é necessário para fazer acontecer. Os olhos ainda brilhavam depois de tanto tempo, mas os erros sempre acontecem. para nos mostrar com absoluta certeza, que não somos perfeitos e que promessas, são só promessas. Opinião existe para mudar.

No amor, é necessário passar por cima de situações que tiram o sono, a fome, o chão e a confiança. Nada é mais como antes. Desabafos, perdão, tristeza. O laço desamarrou e nunca vai ser o mesmo. Papel amassado não é presente.

{ Imagem reprodução }
{ Imagem reprodução }

Amor é assim, tem começo, meio e fim. Acertos, erros, machucados, decepções, mãos dadas, beijos, abraços e mais um tanto de coisas bonitas. Existe sofrimento, decepções e coração miúdo. Quando é amor mesmo não é fácil, mas ser dois significa compartilhar, conversar, ver no quê vai dar. Quando é amor a gente tenta, tenta, tenta, reinventa, volta atrás, abre o coração e dá a mão.

Felizes para sempre. Enquanto houver sempre e a vontade de ser junto.

Assinatura_Ju

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

2 comentários em “No final também sofre

  1. Bom dia! como sempre, lindo texto. Nunca começo o meu dia, sem antes dar uma passada por aqui e me inspirar, me enxergar nessas frases, nas fotos, nas maneiras. Me vejo em tudo, ou quase tudo!
    Parabéns!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo