O primeiro homem da minha vida.

3

É, não é fácil te ver assim. Pior ainda é imaginar a minha vida sem você por perto! Temos tantas coisas em comum, além dos traços, temos o mesmo gênio, a mesma teimosia, os mesmos sonhos e praticamente o mesmo gosto musical.

Foi por você que me apaixonei pela primeira vez, que soube o que era ciúmes, amor, carinho, dedicação e amizade. Aprendi com você alguns valores importantes para qualquer ser humano, dignidade, dedicação, comprometimento e amor em tudo que se faz.

Foi você que me ensinou a nadar, a gostar de rock, a gostar de pintar com guache. Você me ensinou a “pisar no chão”, a dirigir, a gostar ser “bixo do mato”, arroz e feijão, a sair com você de moto sem destino.

A sua torcida sempre foi por mim, pela minha (nossa) felicidade. Você queria uma economista, eu me tornei publicitária.

É pai, quantas coisas você teve que abrir mão por mim? Quantas noites em claro? Quantas mamadeiras você teve que fazer? Teve paciência, amor, tolerância, soube ser pai, sobre ser amigo, me apresentou até o Paul. Pô, o pai mais locão era o meu, “Aquele cara roqueiro da moto preta”.

Se eu tenho que me orgulhar de alguém, é de você e da mamãe. Além dos 25 anos de casados, dois profissionais incríveis, pais dedicados e muito amados. Aprendi tanto com vocês…

Se eu pudesse te pedir uma coisa pai, era para nunca mais você dar aquele susto que você deu na sua família, aquele triste acidente de moto. Você sempre foi meu super homem, por que teve que ficar doente logo agora? Você ainda tem que conhecer o Theodoro, o Joaquim e a Clara, seus netos (futuros, mas ainda assim netos).

Só queria que você soubesse que o meu amor e admiração por você é desse tamanho ó (lembra quando eu era pequena e falava do tamanho das coisas com os braços abertos? Então… é igual). Tô aqui em casa, te esperando, de braços e coração aberto.

Pensei naquilo que você me falou, de ir até o Rio de Janeiro de moto… eu vou com você, tá? 🙂

Beijos da sua gatinha.

Ju 🙂

Últimos posts por admin (exibir todos)

You might also like More from author

3 Comments

  1. Bianca says

    Que texto tão lindo!!! Imagino que ele vá se orgulhar muitão de você!!! 🙂

  2. Cíntia Kosugi says

    Torço pela recuperação do seu pai. Estou passando pelo medo de perder o meu pai para o câncer e sei o quanto dói passar por isso, o medo de perder quem a gente ama tanto. O meu pai ainda precisa conhecer o Miguel, que ainda não chegou, a Letícia que chegará em seguida…
    Força para você.
    Um beijo,
    Cíntia

    http://www.estilotanodna.com

Leave A Reply

Your email address will not be published.