Pegar tá fácil, quero ver conquistar

4

por @JulianaManzato

Os relacionamento são efêmeros, o amor foi banalizado e ele, bem… ele pode não ser o cara mais bonito do pedaço, mas é inteligente, tem bom papo, é simpático, amigo de todo mundo, divertido, engraçado, charmoso, se veste bem, enfim, é aquele cara que todo mundo adora ter por perto. Além de ser o cara gente boa, ele tem uma outra caracteristica importante, ele é conhecido por suas conquistas amorosas.


Ele fica com a mulher que quer, os amigos não entendem a tática, mas o cara que eu estou falando é movido por conquista. Se ele está interessado em um mulher, manda flores, liga, faz mil elogios, corre atrás até conquistá-la por completo. Quando isso acontece, vem o golpe de misericórdia: o chá de sumiço!


Vocês já repararam com quantos desses “conquistadores” nos deparamos hoje? Eles são milhares. O galinha, pegador, saiu de cena e deu espaço para o cara da conquista. É muito mais divertido e desafiador conquistar, do que simplesmente só pegar.


E dá pra entender né? Tudo aquilo que é fácil demais perde a graça. O desafio em conquistar uma mulher é um verdadeiro estímulo para os homens e também para nós, afinal quer coisa mais gostosa do que ser conquistada?


Ir para balada e beijar (ou simplesmente conseguir uma foda) tá fácil, mas e conseguir uma ligação no dia seguinte ou um próximo encontro?

Mulher – e homem também!!! – é cheia de reclamar de relacionamentos. Tudo é fácil demais! Vou ali, jogo um xaveco e pronto, mais um(a) para o caderninho.

Quando nos deparamos com alguém que quer conquistar, parece que o mundo muda. Receber elogios, trocar mensagens, ter o frio na barriga em ir atrás, em receber flores ou uma surpresa do nada! Todo mundo adora o jogo da conquista. Todo mundo adora conquistar!
O jogo da “sensualização” precisa da conquista, ficar só por ficar perde a graça e só acrescenta números ao caderninho e não experiência e aprendizado para a vida.
É o famoso, o que você vai querer contar para os seus netos? Que ficou com 1.000 mulheres, ou que conquistou 1.000 mulheres? Que teve um único homem na vida, ou que foi conquistada por muitos, mas que encontrou o amor, não com um, mas com vários homens que passaram na sua vida?


Se até nos contos de fadas existe o desafio, por que na vida real seria diferente? Seja com a Bela dormindo ou com a Rapunzel presa em uma torre, o desafio para o príncipe estava ali, a conquista estava ali.


Conquistar e ser conquistada, tá ai uma coisa que eu apoio. O sapo só vira príncipe quando a gente quer. O mesmo acontece com o “caminho para o castelo da princesa”. Afinal, não importa o tamanho da fila, mas quem é o próximo!


Pegar tá fácil, quero ver conquistar!

Últimos posts por admin (exibir todos)

You might also like More from author

4 Comments

  1. @diegorv says

    Belo texto dona Juliana, gostei muito, de verdade! 😉

    Penso que cada pessoa, sendo homem ou mulher vive momentos diferentes, apenas isso, tem os que estão na fase da pegação, pois são inseguras para outras coisas e tem os que passaram dessa fase e querem sentir aquele frio na barriga que toda conquista cria oq é muito mais legal…

    Eu sempre gostei mais das conquistas, talvez pelo fato de ser ariano! haha 😀

    Prefiro viver momentos bacanas e intensos com alguém que despertou um desafio e se mostrou interessante, doq ir pra noite tentar ficar com diversas meninas, coisa que é bem simples atualmente e muitos homens/mulheres fazem… Pra ser sincero, eu nunca fiz isso por não me sentir confortavel…

    Eu tenho N defeitos, como qualquer pessoa, não busco a perfeição, pelo contrario, mas o que me move a cada dia são os desafios, não é questão de perder ou ganhar, mas de viver de verdade, sem mascaras.

    Tudo que é fácil não tem valor e isso é regra tanto para homens quanto mulheres…

    Tenho certeza que 90% das pessoas que se mostram diferentes e desafiadoras, na verdade não são… Por isso justifico que nós acabamos dando o chá de sumiço após a conquista de fato, que é quando a pessoa se mostra interessante ou não de fato.

    Eu sou totalmente a favor de romances passageiros e não importa se vai virar um namoro ou não… As pessoas deveriam entender o sentido de “eterno enquanto dure” e assim iriam aproveitar todos os momentos 😉

    Hey, gosto de acompanhar vocês aqui, pq diferente da grande maioria das pessoas por ai, vocês escrevem textos extremamente sinceros e realistas! Acho um charme sabia? 🙂

    Continuem com o bom trabalho! 🙂

  2. lary says

    Nossa,
    e há coisa melhor do que ser conquistada ?

    adorei o texto

  3. Daphene Maciel says

    passei por uma situação muito parecida a mais ou menos 2 semanas atrás. comecei a ficar com o cara que eu achava mais gato da faculdade e mais dificil também. ficamos 2 semanas nas escondidas, ficando em off do mundo, e depois de uma tarde que rolou tudo no outro dia ele não ligou mais, nem nada, depois de 1 semana, eu o encontrei sem querer na faculdade, e ficamos 1 hora conversando e depois não rolou nem um selinho. acho que cai na conquista dele e depois ele sumiu :/ mas eu tava toda iludida com ele, porque ele falava que agente tinha uma energia ótima quando ficavamos juntos 🙂 mas agora:/ cai na real, e que pra ele fui mais uma conquista. mas se bem que pra mim também 😀 porque eu sempre quis ficar com ele 😀
    amei seu texto juuh, super me identifiquei neste momento.

Leave A Reply

Your email address will not be published.