Pele

0

por Juliana Manzato

foto: reprodução
Parou. Olhou. E ficamos ali, por um minuto parecendo ser uma vida inteira. 
Eu queria tudo. Tudo por inteiro. Não gosto do morno, nem do frio. Prefiro o quente! 
Tudo era intenso de olhares à toque de pele. 
O mundo parou! E eu?  Eu sentia a sua respiração bem perto e o seu coração pulando no peito. Aliás, o meu coração estava grudado ao seu, como se a gente não precisasse sair dali. 
Não preciso de muito. “Parafraseando” Caio Fernando Abreu, 
“um café e um amor, quentes por favor!”. Eu já tenho os dois. 
Até suspirei de alívio. 

Últimos posts por admin (exibir todos)

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.