Fragmentos de amor

Eles aparecem no cotidiano, na convivência, no decorrer dos dias, em coisas bobas no final de semana. O amor é fragmentos.

É o beijo de bom dia, a xícara de café em cima da pia para facilitar a correria do outro. É também, um bilhete de te amo, uma flor, um olho no olho qualquer. Está no preparo do jantar a dois, com vinho e conversa sobre o dia ou ao pé do ouvido. O fragmento é aquela surpresa do nada, a caminhada nos domingos de manhã, o doce de padaria preferido, a pizza do domingo à noite.

Fragmento de amor em cima da cama é a toalha jogada, a reclamação de um banheiro bagunçado, da puxada de coberta em dias frios ou deitar na rede em pleno verão. Tem amor na gavetas de meias, onde elas se juntam e se misturam. Tem no almoço em família, no café da manhã na cama, no whatsapp durante o dia, “te amo”. Amor é reticência. Fragmento é a vírgula, o respiro, o frio na barriga, o peito do outro, as mãos dadas, a vida corrida.

{ Imagem reprodução }
{ Imagem reprodução }

O amor está ali, na casa, no casal, na rotina. Pedacinhos de amor espalhados na vida a dois. Pedaços esses que a gente não precisa nem juntar, porque no coração é colado. Tem gente que fragmenta o amor em datas comerciais, eu prefiro criar datas, inventar acasos, tomar gotas homeopáticas do sentimento mais bonito do mundo. Um pouco por dia, muito numa vida.

O fragmento do amor é a bagunça do outro na gente. É a mistura de jeitos, defeitos, acertos, qualidades, desejos. Amor em pedaço, fragmento é bagunça.

Que a gente fique cada dia mais em pedaços para cada vez mais se espalhar na vida do outro, sem medos, só com amor. Que pedaços de vida e pequenos carinhos se unam numa rotina bonita. Que não nos falte bilhetes de amor, beijos de bom dia e alguém para pensar todo santo dia.

Sejamos pequenos fragmentos de amor, espalhos pelo mundo.

Assinatura_Ju

 

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo