PROTEGE MOI.

Por Mel Lüdeman

Me proteja do que mais desejo, daquilo que inevitavelmente será o motivo do meu sangramento, das lágrimas, da tortura. Me leve para longe deste sorriso, das palavras fáceis e da festa de olhar quente.

Este ácido que entorpece enquanto canta, me derrete a alma, corrói o espírito e bloqueia minha mente. Não posso.

E essa droga que me ofereces, não é nada além de ilusão. Me recuso a continuar consumindo, vivendo o êxtase e sofrendo as consequências sozinha.

Bad trip.
Tarja preta.
Adeus.

Últimos posts por admin (exibir todos)

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo