Quando é amor

Leia ouvindo: Awake My Soul – Mumford & Sons 

O amor e suas etapas. O amor sendo ele mesmo e nos ensinando. Sobre entrega. Sobre bençãos. Quando é amor a gente logo percebe afinal, estamos envolvidos. Somos dois criando uma história única, cheia de sentimentos, vontades, sonhos e planos.

Mas quando é amor de verdade transborda. Transborda em gente que viu a gente crescer, amigos de anos, colegas mais chegados, gente que nem precisa conviver muito para saber que é amor. Quando é amor de verdade ele vira benção. Bençãos que duram verdadeiras eternidades, de tão intensas que são.

Quando é amor de verdade o universo encaminha uma energia única que contagia todos que estão à volta. É o que acontece com aqueles casais que somos apegados, que sentimos que foram feitos um para outro, que não existe possibilidade de seguirem separados pela vida, porque juntos, juntos eles podem mais.

Rafael Karelisky

[ Ph: Rafael Karelisky ]

São aqueles amores que a gente pede para Deus abençoar e proteger de toda e qualquer maldade. Amores bonitos de ver em fotos e vivencia-lo no carne e osso. São amores que fazem a gente rir de felicidade e chorar – também de felicidade.  São amores que nos ensinam só pela troca de olhares e gestos. São amores bonitos, caprichados de prosa e poesia.

São amores que tocam até o mais desacreditado inconsciente para transformar. Transformar em pequenos percentuais de possibilidade. Sim, a possibilidade da sua alma ter combinado com outra de se encontrarem nesse mundo tão louco. E que a partir desse encontro elas precisam seguir juntas, porque encontrou-se o amor de verdade. Um amor único e verdadeiro. Um amor que transforma, transcende. Um amor diferente de todos aqueles que foram vividos.

Acredite ao menos no amor. Com amor fica mais fácil acreditar em todos o resto: juntar almas, contar histórias e acreditar no para sempre.

2015_Ju

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo