Quando recebi notícias suas

Leia ouvindo: Gone Gone Beyond – Back Swing

Uma amiga veio me trazer notícias suas. Antes de começar ela me perguntou se eu queria mesmo saber, respondi que sim. Um sim carregado de uma única certeza, você ficou no passado.

Naquilo que ela me disse não havia nenhuma grande novidade a seu respeito. Você sempre fingiu ser algo que lá no fundo não é. Como eu pude me enganar tanto com você não é mesmo?

Saber notícias suas não mudou em nada o que eu sinto por você. Um asco tremendo junto com uma baita raiva de mim. “Mas não se culpe tanto”, aham. Vou me culpar sim. A culpa foi minha e eu vou colocar ela onde eu quiser, ok?

2378795fdab2b9d96d0f81614a7d706e

[ Imagem: reprodução ] 
Hoje, mais do que nunca, tive a certeza que você não é pra mim. Não bate, sabe porque? Porque eu não consigo ser fake. Não consigo ficar quieta se eu não concordo com a sua opinião. Não consigo gostar pela metade. Não consigo admirar alguém que não me admira. E principalmente, não consigo gostar de quem não gosta do meu jeito. A minha personalidade é como eu bem disse, minha.

E não veja isso como birra de menina mimada. Já mudei por pessoas e garanto, nada melhor do que estar rodeada de gente que gosta de você pelo que é. A gente melhora de jeito, mas não muda. O que é mais bonito na gente é o nosso verdadeiro eu.

Agradeci pelas notícias, mas se tem uma coisa eu fiz logo depois, foi ter agradecido ao destino por ter me colocado em outro caminho, bem longe do seu. Algumas coisas na vida são puro livramento.

2015_Ju

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo