Run, baby, Run!

5:30am, o despertador toca. O corpo não quer levantar, mas a mente precisa que isso aconteça. Lá vamos nós começar mais um dia. Shorts, top, camiseta, tênis bem amarrado e café da manhã reforçado. Não são nem 6am e eu já estou na rua, correndo (literalmente falando).

Com os fones de ouvido e a música alta, me fecho no meu mundo. Temos 7 Km pela frente. Um oi para aquele vizinho que também está saindo para corrida, bom dia para o seu Manoel, meu porteiro que está lá  aguando as plantas do jardim e pronto, foi dada a largada!

90
{ Imagem reprodução }

Preciso dessa km diária mergulhada no meu mundo, nas minhas ideias, angustias, medos e planos. Uma reorganização necessária todo santo dia. Uma limpeza de alma para começar a outra correria, do trabalho, faculdade, projetos e outras ansiedades mundanas que se eu for parar para pensar, desisto de primeira, ou melhor, continuo na cama o restante do dia. A corrida é um momento meu, só meu e demais ninguém. É onde eu permito que o egoísmo entre. Faço perguntas que eu mesma respondo, mentalmente claro. Deixo a música chegar ao coração, um olho no relógio e outro nas belas arvores do bairro.

Nem o trânsito já carregado ou aquele tanto de ônibus próximos ao caos me irritam. Meu caminho está traçado e a minha cabeça precisa encontrar paz para seguir o dia. Durante a corrida as ideias chegam, o planejamento acontece como num passa de mágica, as frases que eu queria ter dito, o e-mail que eu não deveria ter enviado, aqueles beijos improváveis, casamentos imaginários, viagens tão necessárias, discussões que eu gostaria de ter ganho… Correr acaba sendo também um mico, quando eu vejo tô rindo sozinha no meio da rua.

Como  num passe de mágica, fiz meu circuito. Ainda não consegui diminuir meu tempo, mas minha s ideias estão prontas para o dia. Chegar ao meu objetivo significa também, dar de cara com outra realidade.

Corrida faz a gente ver a vida de um outro jeito. Correr contra o tempo é e sempre será um grande desafio, mas de nada adianta se o caminho não for divertido. Aliás, se você não tornar o caminho mais divertido. Garanto que assim, viver fica até mais fácil!

Assinatura Ju - 2013

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Um comentário em “Run, baby, Run!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo