Se homem eu fosse…

5

Se homem eu fosse, iria esquecer a masculinidade que os gregos colocaram na mitologia. Eu ia mesmo era me inspirar naqueles homens que sabiam viver a vida. Conheciam o Moulin Rouge, que filosofavam, aqueles boêmios, que sofriam, que choravam, que sabiam fazer poemas. Sabiam viver a cada gole de bebida, a cada mulher conquistada, a cada história contada e vivida. Afinal, a vida é um poema.

Se homem eu fosse, daria risada dos machões. Torax, bícepis, tricepís e todo o corpo definido, não levam a lugar algum. Fazer cara de bravo, andar como uma “pomba”, arrumar briga, pegar muitas mulheres, se vangloriar com as inúmeras conquistas amorosas. O machão não chora, bebe até cair, se orgulha de ter muitas mulheres, em ir na academia malhar os músculos, mas se esqueceu de uma coisa: a inteligência, ainda não fugiu para as colinas.
O machão xaveca todo mundo no twitter, é chato no chat do facebook, é o desagradável da vida real.

Se homem eu fosse, viveria para ser chamado de HOMEM. Gentilezas, boa educação, inteligência, a arte de conduzir uma mulher. Iria chorar quando preciso, iria conquistar a mesma mulher quantas vezes ela permitisse. Iria conhecer o mundo, ler bons livros, tomar “bons drink” e conhecer… conhecer tudo e todos. Iria viver! Viver como um bon vivant, la vie.

Se homem eu fosse, não procuraria pela meninas, mas sim, pelas mulheres. Procuraria mulheres pelegrinas, que experimentam lugares, abusam das cores, que vivem de amor. Mulheres independentes e por que não desiquilibradas. Ah o desiquilíbrio! Essencial para a vida, para o relacionamento e por que não, para um homem.

Se homem eu fosse, não desejaria ser milionário. Mas desejaria, ter vivido tudo o que eu sonhei viver. Se meu sonho era um carro, uma casa, uma familia, iria fazer por merecer e conquistar.

Se homem eu fosse, continuaria olhando para peitos e bundas, mas iria atrás de admiração. Admiração sim da tesão, faz a paixão virar amor, a conquista ser eterna, faz qualquer relacionamento ter uma “linha”.

Se homem eu fosse… iria aprender a ser racional, e conhecer o universo feminino com mais profundidade, e tenho certeza que só pela experiência, já estava fazendo valer o meu passaporte carimbado para a terra.

Últimos posts por admin (exibir todos)

You might also like More from author

5 Comments

  1. Bianca says

    Se homem eu fosse, namorar a Juliana eu ia, essa LYNDA!!!!!

    Lesbianismo a parte, me identifico muito com os seus pensamentos. Acho que a gente deve externá-los (tá certo isso?) sempre, vai que um dia o mundo muda, né?!

  2. Dona Oncinha says

    Biiii, sua LYNDA!!!!!
    Uma hora tem que mudar… a gente tenta 🙂

  3. Beto Lima says

    Lynda Juliana, como bem disse sua amiga, ainda há homens dentro desse perfil que vc descreveu, modéstias a parte, me enquadro sem o menor problema, mas prefiro saber que exitem MULHERES como você, que ainda se encantam com esses perfis em extinção, o que para nós HOMENS é uma raridade. Be WOMAN, be happy :)D

  4. Zeus says

    Ser homem é ser Zeus!

  5. Anonymous says

    Bela escrita, escrita bela, para os homens…panela. bjk

Leave A Reply

Your email address will not be published.