Silêncio!

38
{ Imagem reprodução }

Sabe… já faz uma semana que estou aqui jogada na cama, comendo fora do horário, dormindo tarde, acordando com olheiras, evitando ver filmes românticos, e talvez evitando a vida fora das paredes do meu apartamento.

Ando me sentindo meio fora do eixo. E, nossa! Eu já estive aqui, desse jeito. Parece que quando a gente termina um ciclo é difícil mesmo começar outro em seguida. Não, não o imagino mais batendo na porta da minha casa e nem me surpreendendo no trabalho, mas mesmo assim ainda estou balançada. “E eu posso me dar esse direito? Penso.” Acho que sim, se eu preciso desse tempo de exclusão de tudo que tem lá fora, então vou me dar esse tempo. Se nem as noitadas de tequila conseguem fazer sentido, eu vou deixar de freqüentá-las. Se não me empolga a idéia de ir ao restaurante japonês que amo essa semana, então não irei. Se ficar de pijama o dia todo na cama é o que tem me dado vontade de fazer, então é o que farei. E não é por você, ou por causa de você. É em respeito a mim, ao que sinto, ao que ando deixando de sentir e a cura que todos nós hora ou outra precisamos encontrar. Preciso de silêncio para ouvir bem o que anda acontecendo em mim, sabe? Por dentro.

Com toda certeza eu preciso me dar esse tempo, porque me conheço e sei que no momento em que eu decidir, trocar o pijama por um belo vestido, saltos, e voltar as doses de tequila será o fim de mais um ciclo. Mais uma ida sem volta. Mais uma noite que irei rir de bobagens e adorarei estar na companhia dos amigos. E quem sabe mais um ciclo se inicie por ali mesmo. Eu gosto dessa palavra “mais”. Gosto de soma, mesmo que eu precise diminuir o barulho por uns dias e ser menos, menos sorridente e menos responsável, talvez menos controladora e  menos, muito menos pressa.

Eu só preciso me perder nos meus cobertores e pijamas de estampas estranhas para entender que o desconexo no fim sempre tem nexo. Nem sempre consigo entender o sentido de certas coisas, mas sei que eles passam por aqui por algum motivo e se vão por outros. É natural.

Vou sair hoje à noite, pedirei tequila.

Perfil - Dani

Últimos posts por admin (exibir todos)

admin

Um comentário em “Silêncio!

  1. Ler algo que passa exatamente o seu momento é ótimo! Esse texto traduz em palavras o que eu não consigo dizer no momento que estou.
    Parabéns!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo