SOB UMA NOVA PERSPECTIVA

Leia ouvindo: The Beautiful Girls – La Mar  

E quando ela achou que não havia mais amor para si, veio ele e a salvou da amargura. Ele que tinha uma risada solta, o peito aberto para a aventura, vontade abundante de viver e de se divertir.

Não achou que ela fosse apresentar resistência, então derrubou logo a porta e perguntou: vem comigo? E ela foi. Ainda bem que ela foi. A partir dali, a vida que andava parada demais virou festa. Daquelas que não têm hora pra acabar e que o pé dói de tanto dançar.

Ele tinha defeitos. Um monte. Mas ela aprendeu que muitos defeitos que enxergamos no outro são reflexo da expectativa que criamos. Então, baixou os critérios que eram exigentes demais e manteve só duas condições: lhe respeitar e lhe fazer feliz.

Ele tinha o dom de fazê-la feliz. Não sabia explicar porquê, mas até parado comendo pipoca olhando para a TV ele a fazia sorrir. Talvez fosse química, talvez magia. Quem sabe, destino. Mas ela finalmente entendeu que, antes de amar a ele, estava amando a si mesma.

Fotografia: Juliana Manzato

Lá atrás, quando ele derrubou a porta, ela já tinha se desfeito de picuinhas desnecessárias do passado e resolveu limpar a aura para deixar alguém entrar. Entendeu que era maravilhosa, completa, uma parceirona, e que quem viesse para somar ia agregar. Passou a vestir roupas novas logo que comprava, sem aquela besteira de aguardar a ocasião perfeita. Começou a declarar sentimento aos amigos sem medo de parecer cafona. Se libertou de si.

Agora ela estava plena, consigo e com ele. A vida não tinha mudado tanto assim, ela só decidiu enxergar de uma perspectiva que andava congelada na caixinha do seu pensamento.

Bianca Carvalho
Últimos posts por Bianca Carvalho (exibir todos)

Bianca Carvalho

Uma carioca branquela, bagunceira e desbocada. Uma mulher questionadora, inquieta e expansiva. Uma amante do mundo, dos cachorros e de pessoas apaixonadas pela vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo