Sobre gratidão

Leia ouvindo: Lisa Mitchell – Clean White Love

No meio dessa Copa da discórdia, que eu confesso, foi bem divertida, aprendi um pouco mais sobre gratidão. Sim, sobre aquele sentimento bonito que sentimos por pessoas especiais e que nos fizeram ou fazem algum bem. É engraçado falar disso agora, mas gratidão é uma palavra que sempre fez parte do meu vocabulário, graças a Deus.

Aprendi a ser grata e agradecer mais do que pedir. Não posso afirmar com certeza, mas talvez seja esse o sentido da vida, agradecer mais do que pedir. Agradecer as oportunidades, a saúde em dia, aquela segunda chance, um abraço, a presença da família, um pôr do sol bonito, a festa animada, as histórias e até as coisas ruins que chegam como aprendizado. Mais bonito do que pedir, é agradecer de peito aberto e sorriso no rosto.

Agradecer também é oração. É contar para o cara lá de cima que ele te faz bem, mesmo nos dando aquelas missões mais difíceis. Todos passam por dificuldade, a diferença está no rosto, com ou sem sorriso. Eu realmente tenho muito que agradecer, sou abençoada demais para reclamar.

No dia 04 desse mês o blog fez 4 anos e eu nunca me senti tão grata com o universo.

Um aperto de mãos bem dado com a vida. Obrigada!

Conheci e convivi com pessoas incríveis, fiz amigos, passei dificuldades, acreditei e persisti em dar continuidade a um projeto que nem eu mesma sabia onde iria chegar. Engraçado isso, remar sem saber ao certo onde se vai parar. Se os ventos estão a nosso favor vamos em frente, o caminho deve ser realmente bonito.

{ Imagem reprodução }
{ Imagem reprodução }

E assim passaram 4 anos floridos e cheios de coisas bonitas. Rubens, Bia, Dani, Natália, Tiago, Mel, Mladen, Elson, Marcelo, Ana, Matheus, Manu, Agência Papagaio, amigas, mãe, pai, parceiros e vocês, que acessam o blog, acompanham o facebook, comentam no instagram e fazem o meu coração mais feliz todo santo dia com comentários lindos. Gostaria de dizer que sou grata a cada um de vocês por tudo e mais um pouco.

Essa história de conquistar tudo sozinho é uma das maiores mentiras já contadas. Somos coletivo, o junto, a equipe, a ideia, a colaboração. Com vocês aprendi que posso chegar em lugares que jamais chegaria, posso ter números e acessos, mas eles não significam nada se eu não faço aquilo que realmente gosto, inspirações diárias e doses de amor.

O blog é a minha gratidão ao mundo, é o amor que transborda, é o meu caderninho de frases, desabafos e desastres compartilhados com o mundo. Eu erro e acerto como você, já passei por bons e maus bocados, já chorei muito e sorri tantas vezes. Ter um blog não significa ser melhor do que ninguém, escrever sobre sentimentos não me fazem sentir tudo de maneira mais intensa e viver, na minha opinião é muito mais do que a gente pensa.

Que venham mais aniversários do blog pela frente, mais novos leitores, amigos e “transbordadores”, sim, esses nomes ai em cima que colaboram (ou já colaboraram) para o peito ser repleto e quem passar por aqui, levar para si um pouco mais de amor. Continuo acreditando e pregando que pequenos gestos têm mais valor que dinheiro, amor a gente encontra dentro do próprio peito e que a vida é uma só e deve ser vivida intensamente.

Vou continuar cheia de clichês, vontades insanas e sentimentos intensos, espero ter vocês sempre comigo.

Obrigada!

Com amor

Ju

Assinatura_Ju

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

3 comentários em “Sobre gratidão

  1. PARABÉEENS JU!!! VC ESCREVE DIVINAMENTE.. O ACESSO É SAGRADO AO SEU BLOG TODOS OS DIAS.. OBRIGADA PELOS ESCRITOS QUE VC NOS PROPORCIONA!!! BEIJOOS E QUE VENHAM MAIS 40 ANOS DE BLOG HAHAHA

  2. Texto realmente maravilhoso Juliana. Que gratidão gostosa de se ver. Deixo sempre minha visitinha em seu blog, e fico maravilhada com tanta sabedoria. Graça a Deus! Ja li esse texto e hoje estou relendo. Lindo. Me apaixonei.

    “… Mais bonito do que pedir, é agradecer de peito aberto e sorriso no rosto.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo