Sobre Homens e Abadás

Leia ouvindo: Psirico – Lepo Lepo

Ok, até gosto de Carnaval! O que me preocupa não é esse período magnífico de patifaria nacional, o problema é o pós. Fora a ressaca – que não é de Deus, a pergunta que não quer calar é: para onde vão os abadás?

Eles pulam na minha frente diversas vezes no ano. Esses abadás aparecem onde a gente geralmente não espera. No cara gato da sua academia, por exemplo, um abadá do Chicletão – Salve Bel! – para treinar. É, o moço foi para Salvador. Ou se preferir, você também pode avistar um cara com o abadá florescente no meio do Shopping, Cerveja e Cia. Fica a certeza que Salvador bombou. Também dá pra encontrar algum abadá perdido pelo supermercado, tomando açaí ou naqueles grupinhos de caras tomando cerveja no posto de gasolina. Abadas variados, do carnaval à micaretas.

Minha gente! Cadê a camiseta branca basiquinha do guarda-roupa?

b33a1a7cfc7203c960b22359247364e6

[ Imagem: reprodução ] 

Abadá é convite para festa, não roupa de dia-dia.

Meninos, qual é a dificuldade em escolher o básico? Preto, branco, azul marinho, cinza..? Pois bem, não precisa arriscar um estilão logo de primeira, a gente ama o básico. Juro! Jeans, camiseta e tênis. Lindo!

{ Pelamor de Deus, vale lembra que tênis é aquele tênis mais básico, sem ser o de corrida, tá? Calça jeans e tênis de corrida também não dá. }

Ser básico é melhor do que tentar fazer qualquer estilo ou ficar de pagação com abadá. Se você não tem um olhar bacana de moda, não tenta, deixa pra namorada, para a mãe, e se elas não ajudarem muito, volte ao “menu” básico.

O válido para as mulheres é o mesmo para homens: menos é mais. Sempre! E o básico, não precisa ser mais o mais caro, ok?

Não ligamos para a marca da sua roupa, mas queremos ter um cara bem vestido ao nosso lado. Ah, esqueci de comentar, abadás, meias até o meio da canela com bermuda, calça jeans com tênis de corrida, sunga branca e camisa florida bem típica de festas do Hawaii, ficam ali, na discórdia feminina. E sim, o cara perde uns pontinhos. #Jujusincerona

Não me levem à mal, mas a gente ama calça jeans, camiseta, sorriso no rosto e ter vocês ao lado.

Façam amor, mas não use abadá no dia-dia. PELO AMOR DE DEUS! A moça que te paquera na academia agradece, a bonitona que te encontrou no corredor do shopping também e se duvidar, até a sua mãe vai ficar mais feliz. Vai por mim.

2015_Ju

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo