Sobre mulheres e futebol

Quarta-feira é um dia sagrado. Domingo à tarde, também. Estamos no país do futebol. Onde a bunda é atração, futebol é paixão nacional.

O grupo de amigos se reúne para uma pelada, com direito a cerveja, papo pro ar e relaxar, de um dia – ou semana, de stress. A pelada só para no horário no jogo “oficial” e depois disso é clube do bolinha. Só entra macho.

Para nós, mulheres, também existem os dias sagrados, o clube da lulu cor de rosa e bate papo, sem a cerveja, a gritaria e bagunça masculina. É nessas horas que a gente vê que o mundo ainda é dividido entre cerveja e champagne, futebol e moda. Nada contra, sou super à favor.

O futebol feminino é a moda, a fofoca do casal famoso, o trabalho, as dicas de beleza. Até quebrando o código de conduta dos encontrinhos femininos, é ali que a gente se joga, que coloca o papo em dia com a amiga, troca dica de maquiagem, fala de relacionamento, conta experiências.

{ Imagem reprodução }
{ Imagem reprodução }

“Ele me ligou”, “Beijamos”, “Aquela loja está na promoção”, “Vocês já viram esse rímel?”, “Viu que fulana está se separando?!”… Sim, esse lado “mulherzinha” aflora quando existe o grupo de amigas. E sejamos sinceros, não faz mal há ninguém. Era assim na época das cavernas e continua em tempos atuais.

Mulher é coletivo, fala, troca, cuidado, fofura e frescuras. E não se fala mais nisso! O futebol é sagrado, a maquiagem também. Beber cerveja é ritual, chá da tarde com as amigas também.

A verdade é que temos nossas diferenças, não sabemos o que é impedimento e vocês não sabem a diferença entre uma bolsa Prada ou Chanel. Domingo pra gente é almoço na casa da mãe, para vocês, é final de campeonato. Viagem de final de semana pra gente é mala de 23 kg, e para vocês é mala de mão. Não sabemos o nome dos jogadores do seu time preferido, e vocês não sabem a cor de batom preferida dela – afinal, são tantos, né?

Futebol e mulheres, mundos tão complexos, que apesar de toda essa santa diferença, no final o que interessa é que se completam. E em época de copa do mundo vira uma coisa só, futebol, mulheres, cerveja, torcida. Amém.

Assinatura_Ju

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo